quinta, 04 de março de 2021

SG não terá tapete de sal pela primeira vez em 25 anos

Tapete de Sal de São Gonçalo foi instituído Patrimônio Público Cultural e Religioso em 2005. Foto: Divulgação

O maior tapete de Corpus Christi da América Latina, que é confeccionado em São Gonçalo, não será montado neste ano. Essa será a primeira vez em 25 anos que as artes feitas com sal grosso não serão expostas na Avenida Moreira César, no bairro Zé Garoto, na altura da Paróquia São Gonçalo de Amarante, mais conhecida como Igreja Matriz.

Os tradicionais tapetes foram instituídos como Patrimônio Público Cultural e Religioso em 2005, através da Lei 012/2005, do então vereador Miguel Moraes. O motivo da não realização do tapete de sal é o decreto de isolamento social, devido à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Segundo o padre André Luiz Bastos Siqueira, pároco da Igreja Matriz de São Gonçalo, cada igreja estabelecerá seus horários para as transmissões das celebrações da Santa Missa. Na igreja de São Gonçalo, será realizada às 9h e às 18h na quinta-feira (11), através do canal Voz do Amarante.

“Este ano teremos uma celebração de Corpus Christi de forma atípica, por causa da pandemia ocasionada pelo Covid-19. Por isso não teremos a mobilização dos padres durante o evento, cada Igreja irá definir os seus próprios horários de celebração respeitando o isolamento social, como está sendo determinado pelas autoridades da área de Saúde. Devemos aproveitar este momento de adoração ao Corpo de Cristo e colocar como nossas intenções a cura para os que estão sofrendo com o coronavírus e por consequência o fim da pandemia”, assegura Padre André.

Na terça-feira (9), às 20h30, também será transmitida a Série Matriz com Música da Osquestra Municipal de São Gonçalo.

“O evento sempre abre as festividades de Corpus Christi na cidade e este será o quarto ano de uma apresentação belíssima de música sacra. Em tempos de pandemia, adaptamos a apresentação com um número bem menor de músicos, que o público poderá acompanhar de casa”, explica o maestro da Orquestra, Gerly Sueth, que dividirá a apresentação da live com Padre André Luiz Bastos, Vigário Episcopal do município.

A live contará com dois músicos na Igreja, o tenor Robson Lemos e o pianista Leandro Campanate. Durante a Live serão inseridas gravações com Natália Gama (piano e órgão) e Thiago Martins, cantor. Este será o 4º Concerto consecutivo de Corpus Christi na Igreja Matriz, que brindará o público da Live com o melhor da música Sacra.

Em relação a celebração em Niterói e Maricá, a Arquidiocese de Niterói – circunscrição eclesiástica da Igreja Católica – ainda não informou os horários das celebrações online.

Origem da celebração

A celebração de Corpus Christi teve origem em 1243, na Bélgica, quando uma freira teria tido visões, onde Cristo demonstrava-lhe o desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.

A festa passou a integrar o calendário religioso de Brasília, em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima.

A comemoração de Corpus Christi ocorre exatamente 60 dias após a Páscoa, obrigatoriamente em uma quinta-feira. As informações foram passadas pelo padre André Luiz Bastos Siqueira.

Publicada às 10h55 e atualizada às 14h48

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *