domingo, 25 de outubro de 2020

Taxista de Niterói vence a Covid-19 e recebe homenagem nas ruas da cidade

Colegas de profissão fizeram surpresa para Sueli na Boa Viagem. Foto: Pedro Conforte
Colegas de profissão fizeram surpresa para Sueli na Boa Viagem. Foto: Pedro Conforte

Internada há 17 dias no Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), na Zona Norte do Rio, com diagnóstico positivo para a Covid-19 — a taxista de Niterói Sueli Machado, de 56 anos, recebeu alta da unidade médica na tarde desta quarta-feira (27), após se curar da doença e foi recebida com homenagens dos colegas na cidade.

A moradora do bairro Vital Brazil foi surpreendida com flores, salva de palmas e carreata e ‘buzinaços’ de familiares e amigos de profissão, na orla da Boa Viagem, na zona sul da cidade, para celebrar a vitória.

A concentração começou por volta de 16h30, minutos antes da paciente sair da Capital. Acompanhada dos familiares, Sueli chegou na Boa Viagem às 17h25 e chorou com a surpresa.

Carreata em homenagem a Sueli na orla de Icaraí. Imagens: Pedro Conforte

“A carreata foi uma surpresa. Ela não sabia de nada e pra isso teve que ser excluída dos nossos grupos de taxistas no whatsapp (risos), porque estávamos combinando tudo por lá. Ela é muito simpática, guerreira, correta, forte e positiva. Chegou a pensar que não fosse conseguir sair dessa, mas graças a Deus deu tudo certo”, vibrou o taxista Paulo César, de 55 anos, também conhecido como ‘Bandeirinha’.

Sueli atua há cerca de 15 anos como taxista. Ela tem duas filhas que estudam Medicina. Precisou ser internada no último dia 11 após sentir um forte mal estar. Na semana anterior, segundo amigos, ela apresentou diversos sintomas da doença entre eles febre e dor de cabeça.

“Ela ficou no oxigênio por duas semanas, em estado grave. A recuperação foi demorada. Foram 23 dias com a doença”, explicou Bandeirinha, ainda emocionado.

Outro amigo de Sueli, o taxista Rafael Santos da Hora, de 33 anos, revela que a alta médica da colega representa uma vitória para a categoria, que de acordo com ele tem sido atingida com a morte de profissionais em decorrência da Covid-19.

“Para toda a categoria é uma satisfação imensa pelo fato de vermos as coisas que têm acontecido… amigos do Rio, de outros municípios, morrendo pela Covid-19. Então é uma vitória! Ela é uma pessoa tão querida, amiga, amada por todos aqui. Uma grande honra tê-la de volta com a gente. Só temos que agradecer a Deus e a equipe médica”, finalizou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *