segunda, 17 de maio de 2021

‘Todos beberam antes da batida’, diz sobrevivente em Niterói

81DP, Delegacia de Polícia, Itaipú
Jovem prestou depoimento na 81ª DP (Itaipu). Foto: Lucas Benevides

“Houve o consumo de bebida alcoólica por parte de todos e vejo sim que houve irresponsabilidade no volante por parte do motorista”. Esse foi um trecho do depoimento de um dos sobreviventes do acidente que deixou três mortos na última semana, no bairro Piratininga, na Região Oceânica de Niterói.

“O depoimento dele foi bem importante para a nossa investigação e comprovou aquilo que já estávamos esperando de acordo com a investigação inicial. Ele se mostrou bem sucinto e esteve à disposição para ajudar a polícia. Está muito abalado e com certeza essa dor pela perda de amigos vai perdurar por muito tempo”, disse o delegado Fábio Barucke, titular da Delegacia de Itaipu (81ª DP), responsável pelo caso.

De acordo com o depoimento de Raphael Dudjak Guerreiro, os amigos estavam em um restaurante japonês, onde não houve consumo de bebida alcoólica e, em seguida, foram para a casa do condutor do veículo para uma espécie de ‘resenha’. Após consumirem bebidas alcoólicas, o motorista foi levar os amigos em casa – foi quando ele perdeu o controle do veículo na Estrada Francisco da Cruz Nunes, em Piratininga.

“Segundo o Raphael, houve o consumo de bebida alcoólica na casa do condutor do veículo. Ele falou que todos beberam e que percebeu a irresponsabilidade do motorista durante todo o trajeto do acidente fatal”, concluiu o delegado.

Acidente deixou três jovens mortos na última semana. Foto: via grupo Plantão Enfoco

De acordo com o titular, a partir das informações colhidas, foi comprovado o dolo eventual. Segundo ele, existe a possibilidade do condutor ser indiciado por homicídio triplamente qualificado.

O depoimento do condutor do veículo, que pode ser indiciado por homicídio, estava agendado para essa quarta-feira (14), mas foi remarcado para a próxima sexta (16). De acordo com o delegado, a advogada afirmou que o motorista está apresentando delírios e sem condições de falar com a polícia.

Emmily Miranda, de 20 anos, Roberta Miranda, de 17 anos, e Gabriel Palmieri, de 19 anos, não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito no local. Outros dois envolvidos no acidente, sendo um deles o condutor, foram socorridos e levados para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), no Fonseca.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');