domingo, 17 de janeiro de 2021

Transtornos após temporal em Niterói

Chuva, ônibus, ponto, poste, árvore, interditada, baia, Niterói, Zona Norte
O semáforo da Estação Horto, no Fonseca, acabou caindo com a chuva. Foto: Pedro Conforte

A chuva que atingiu a cidade de Niterói na noite desta sexta-feira (25) causou estragos e transtornos da Zona Sul à Zona Norte. Segundo a Defesa Civil, um dos bairros mais atingidos foi o Barreto, na Zona Norte, que registrou acumulo de 85,2 mm de água. Ainda segundo as equipes, em 1 hora choveu 60% do previsto para todo o mês. 

Os motoristas e pedestres tiveram que ter atenção redobrada na manhã deste sábado (26), pois ainda era possível se deparar com muita lama e acúmulo de água formando bolsões em alguns pontos da cidade.

Na Rua Marquês de Paraná esquina com a Rua São Lourenço, no Centro, os pedestres não tinham outra opção a não ser passar pela rua, por conta da lama que estava sobre a calçada e ocupava parte da via. 

Chuva, lama, estrago, temporal, sujeira
Ruas do Centro da cidade foram tomadas por lama. Foto: Pedro Conforte

No bairro Fonseca, um semáforo da Alameda São Boaventura foi derrubado após a queda de uma árvore. O poste ficou caído em frente a saída da baia da Estação Horto. Segundo funcionários que trabalhavam no local, a estação já estava interditada por conta de uma chuva anterior que havia danificado o asfalto. 

Galhos da árvore ocupavam parte da pista sentido São Gonçalo, obstruindo assim o fluxo de veículos. Agentes da Nittrans estão no local desde às primeiras horas do dia orientando os motoristas. Além disso, equipes da prefeitura chegaram por volta das 7h para realizar os reparos e a remoção da árvore. Durante a madrugada parte dos galhos já havia sido serrado.

A cidade chegou a avançar dois estágios em pouco mais de uma hora de temporal. Às 18h, o Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil informou que o município havia entrado em atenção. Já às 19h20, esse status mudou para o de alerta. Às 1h30 deste sábado o estágio retornou para atenção, devido perda de intensidade dos núcleos e registros de chuva fraca nas últimas horas. 

Ocorrências 

A Defesa Civil foi acionada para ocorrências  nas comunidade da Palmeira e Coronel Leôncio, ambas no bairro Fonseca, Nova Brasília, na Engenhoca, Sapê, no bairro de mesmo nome, Maceió, e no Largo da Batalha. A prefeitura ainda não informou os tipos de ocorrências e se houve registro de feridos.

Sirenes 

Segundo a prefeitura, como medida preventiva, foram acionadas as sirenes do Bonfim, Coronel Leôncio, Morro do Estado e Morro do Bumba.  

Rio

Também na manhã deste sábado, motoristas e pedestres encontravam dificuldades no Rio de Janeiro. De acordo com o Centro de Operações da prefeitura, eram registrados diversos pontos com bolsões d’água, como na Avenida Presidente Vargas, no Centro, e em vias dos bairros da Tijuca e Maracanã. Além disso, os motoristas que trafegam pela Avenida Brasil encontram alguns pontos de retenção, por conta da água acumulada. O Centro de Operações alerta, que equipes já estão na rua para solucionar os problemas.  

Na rua Frei Caneca, no bairro Estádio, parte da rua afundou, interditando parcialmente a via.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *