sexta, 04 de dezembro de 2020

Troca injusta: lixo hospitalar deixado e hidrômetros roubados no Barreto

Moradores da Rua Guimarães Júnior, no Barreto, na Zona Norte de Niterói, acordaram em um cenário preocupante nesta quinta-feira (8). Materiais descartáveis, testes de Covid-19, máscaras e fitas de identificação hospitalar foram abandonados em uma caçamba de lixo na via e quem mora na região busca explicações para o ocorrido.

De acordo com os moradores, que preferiram não se identificar, com medo de represálias, o material teria sido despejado durante a madrugada desta quinta.

Além disso, outro problema também foi relatado pelos moradores da região: criminosos, a bordo de veículos e motocicletas, têm violado hidrômetros da via com alguma frequência nos últimos meses. Somente nesta quinta-feira (8), três hidrômetros teriam sido violados na via.

“Nos últimos meses alguns criminosos têm violado os hidrômetros aqui da rua, geralmente durante a madrugada. Precisamos de uma resposta por parte dos setores de segurança. Talvez um maior policiamento na área em razão dos furtos seja uma solução”, disse um morador da via.

A Polícia Militar informou que os responsáveis por essas violações de hidrômetros são moradores de rua.

“Nossos policiais já descobriram que os responsáveis são moradores de rua e já conseguimos conter outras ações dessa magnitude e realizar algumas prisões desse tipo. Continuaremos a fazer um patrulhamento constante para coibir essa prática”, informou o comandante do 12º Batalhão (Niterói), Coronel Sylvio Guerra.

Apesar dos roubos, os moradores afirmaram que ainda não fizeram registro de ocorrência sobre os casos desta quinta (8).

Quanto ao material despejado irregularmente, a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informou que ‘todo material hospitalar gerado pela rede municipal de saúde de Niterói é recolhido, de acordo com os protocolos sanitários, pela Econit, concessionária que presta serviços para a Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin)’.

“Os hospitais, clínicas e laboratórios particulares são responsáveis pela contratação de empresa especializada para o descarte de todo o material gerado”.

diz a nota.

Ainda segundo a Prefeitura, o material encontrado no Barreto foi coletado por uma equipe da Clin e teve o destino final adequado, sendo enviado para um Centro de Tratamento de Resíduo (CTR) que possui autoclave para descontaminação.

Atualizada às 17h.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *