quarta, 28 de outubro de 2020

Veículos são impedidos de entrar em Maricá

Nas barreiras apenas residentes e pessoas que trabalham na cidade puderam passar. Foto: Divulgação

Quase 70 veículos foram impedidos de entrar em Maricá somente na sexta-feira (22) por conta das barreiras sanitárias instaladas nos acessos da cidade para evitar aglomerações.


Ao todo foram realizadas 8541 abordagens nos seis novos pontos de bloqueio que funcionam permanentemente de sexta a domingo, para impedir o acesso às praias e pontos turísticos do município. Uma barreira permanente funciona diariamente na RJ-114, rodovia que liga Maricá a Itaboraí.

Nas barreiras apenas residentes e pessoas que trabalham na cidade puderam passar. No balanço do dia, Calaboca, Ubatiba e Recanto (Itaipuaçu) foram os locais com mais veículos impedidos de acessar a cidade.
De acordo com o secretário de Ordem Pública e Gabinete Institucional, tenente-coronel Júlio César Veras, a medida já reduziu cerca de 35 por cento de veículos acessando a cidade.


” Essa é a segunda semana da implantação das barreiras. Acreditamos que essas barreiras tem sido um marco na cidade, percebemos uma diminuição de 35 por cento de veículos acessando o município. Só no último final de semana foram abordados mais de 20 mil veículos. Essa é mais uma medida para reforçar o isolamento”, explicou o secretário Júlio.


Cerca de 250 agentes da Guarda Municipal e do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), atuam nos locais fiscalizando, orientando e realizando a distribuição de máscaras para os motoristas que não fazem a utilização da mesma.

Publicada às 10h18

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *