quarta, 30 de setembro de 2020

Volta do feriado com trânsito lento em Niterói e região

Trânsito sentido Rio ficou complicado na manhã desta terça (8). Foto: Pedro Conforte

Quem deixou para voltar do feriado de Independência do Brasil na manhã desta terça-feira (8) enfrentou trânsito lento nas principais vias de Niterói e São Gonçalo.

Nos acessos e na Ponte Rio-Niterói a movimentação foi intensa no sentido Rio. Por volta de 7h30, os motoristas enfrentaram lentidão até a altura do trecho do Vão Central. Segundo a EcoPonte, concessionária que administra a rodovia, o tempo de travessia era de 25 minutos – 12 minutos a mais do que o considerado normal.

Na BR-101 também não foi diferente. Segundo a Autopista Fluminense, responsável pela rodovia, houve registro de retenção no sentido Rio de Janeiro no km 300, em São Gonçalo, e do km 318 ao km 322, em Niterói, devido ao fluxo intenso de veículos.

Por volta de 7h10, um engavetamento na pista sentido Rio interditou a faixa da esquerda da BR-101, na altura do km 304 em São Gonçalo. Até a publicação desta reportagem não havia informações de feridos.

Um veículo que apresentou problema mecânico na Avenida do Contorno, na altura do Barreto, em Niterói também prejudicou ainda mais o trânsito no sentido Rio, já que o automóvel ficou parado no trecho.

Motoristas enfrentaram engarrafamento. Foto: Pedro Conforte

Na RJ-104, em São Gonçalo, os motoristas também precisaram de paciência por conta da lentidão na pista sentido Niterói, da altura do bairro Jardim Alcântara até o Novo México, e da altura do Baldeador até o Caramujo. Os condutores que cortaram caminho pelo Morro do Castro também pegaram congestionamento.

Na localidade conhecida como descida da Caixa D’água, o trânsito também ficou lento e se estendeu por toda a Alameda São Boaventura, no Fonseca, em Niterói. O tempo de deslocamento até a subida da Ponte era de 30 minutos.

Acidentes

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não houve acidentes graves durante o feriadão, apenas colisões traseiras envolvendo motocicletas, no trecho entre São Gonçalo e Niterói, segundo um levantamento prévio.

“O movimento é grande, mas a gente já esperava. Muitas pessoas têm o costume de ir para a Região dos Lagos nos finais de semana e voltar na segunda-feira, mas com o feriado algumas acabaram programando a volta para essa terça”, disse Renata Dutra, Chefe da 2ª Delegacia da PRF, de Niterói.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *