Comemorando seus 55 anos de carreira artística, Rosa Marya Colin realiza o último Show das 4 de 2019. A apresentação acontece no Teatro da UFF ne nesta (16h).

Cantar por prazer fez de Rosa Marya Colin uma das mais respeitadas cantoras de seu tempo. Embora ao longo de sua carreira tivesse seu trabalho ligado intimamente ao jazz e blues, Rosa Marya, por auto definição, tem a missão de cantar, e o faz sem preconceitos ou preocupação com rótulos. Seus trabalhos fonográficos, produzidos até hoje, mostram uma voz com brilhantismo em temas de grandes nomes da MPB, standards do jazz, blues, pop e spirituals.

Rosa Marya Colin é uma cantora singular no panorama musical brasileiro. Desde seu estouro em 1988/1989, quando gravou California Dreamin’ para um comercial de TV, ela tem mostrado, para um público cada vez maior, que ser cantora e brasileira é muito mais questão de feeling do que de idioma. Seu prazer é interpretar composições que lhe toquem fundo, no coração. Basta ouvi-la por alguns momentos para perceber que garganta e coração são quase como uma coisa só.

Interpretar, para Rosa Marya, significa transformar e recaracterizar cada canção. É sempre nessa direção que caminham seus trabalhos. Em seu novo trabalho, ela comemora seus 55 anos de carreira, interpretando só sucessos, e lançando simultaneamente o novo CD só com músicas inéditas na sua voz. Dentre elas, um blues de Arlindo Cruz, Eu canto esse blues, completamente inédito, que ele deu especialmente para ela, Giz, de Renato Russo, Tema de Eva, de Taiguara, entre outras. Mas também não faltarão os grandes clássicos como California Dreamin’, Monday Monday, Summertime e muitos outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *