quarta, 20 de janeiro de 2021

Arte de graça na Casa Roberto Marinho

Programação é gratuita. Foto: Divulgação

A Casa Roberto Marinho, localizada na Rua Cosme Velho, número 1105, no bairro de mesmo nome no Rio de Janeiro, oferece programação de férias até o dia 31 de janeiro, com atividades gratuitas, presenciais e on-line, para todas o público infantil, jovem e adulto.

A programação inclui visitas mediadas às exposições, oficinas remotas, ateliês de arte que exploram os jardins do instituto e as mostras em cartaz, e a caminhada “Espécies do Jardim”, que busca experimentar com os sentidos como é estar numa franja da Floresta da Tijuca e observar de perto espécies como o pau-brasil e a samambaia gigante.

Nesta última proposta, a publicação de Educação sobre vinte espécies do jardim da Casa Roberto Marinho será entregue aos participantes, para que possam, usando o mapa do livro, se localizar durante a visita, e continuar a viagem sobre o universo das plantas em casa. 

Além da programação na Casa, o público jovem e adulto poderá participar de dois encontros online com educadores, que irão abordar obras presentes nas exposições a partir de perspectivas históricas, sociológicas e literárias. Os encontros preveem bibliografias selecionadas e as inscrições devem ser feitas previamente.

As visitas mediadas acontecem de quarta-feira a domingo, às 14h e às 16h. As visitas acontecem nas exposições Enquanto, sempre às 14h, e Livros e Arte, sempre às 16h.

Programação na casa

A visita especial “Espécies do Jardim”, acontece nos dias 16, 23 e 30 (sábados) às 10h30. A visita buscará apresentar as plantas do Jardim e conversar sobre a Mata Atlântica e a Floresta da Tijuca a partir da publicação de Educação que será entregue ao participante. Cada visita abordará os jardins da Casa Roberto Marinho de um ponto de vista diferente.

Ateliês de Arte, acontece nos dias 20 e 27 (quarta), e aos sábados e domingos, às 15h30. Os ateliês têm como foco as exposições em cartaz, o jardim e as espécies que nele vivem, envolvendo a relação entre arte, botânica e conhecimentos transdisciplinares, com materiais diversos e propostas que giram em torno da experiência criativa e o pensar sobre o mundo. Cada ateliê terá uma temática diferente.

Programação em casa – Encontro online

Em partes: obras e artistas, acontece nos dias 22 e 29 (sexta), das 16h às 17h30 por videoconferência, com inscrições prévias. Ao todo, são 20 vagas destinadas ao público jovem e adulto.

Nestes encontros virtuais simultâneos, educadores da Casa Roberto Marinho apresentam recortes temáticos para olhar obras selecionadas das exposições em cartaz com perspectivas transdisciplinares, que incluem leituras históricas e sociológicas, e que conversam com a literatura brasileira. Os encontros preveem bibliografias selecionadas, as quais estarão disponíveis para os inscritos, e incluem propostas práticas.

Uma perspectiva antropofágica: “A Primeira Missa” (2014) de Luiz Zerbini, acontece no dia 22 (sexta), com exemplos da produção moderna e contemporânea na arte, e uma bibliografia selecionada, este encontro busca refletir sobre antropofagias e representação.

Por onde caminham os pés de Wanda? acontece no dia 29, e a partir das obras da “Série Envolvimento”, produzida pela artista Wanda Pimentel na década de 1960, este encontro busca o olhar sobre as imagens, vendo os pés que nelas se repetem como metáforas. A proposta inclui, além de uma bibliografia selecionada, exercícios práticos.

Para saber mais e se inscrever, clique aqui.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *