quarta, 20 de janeiro de 2021

‘Biblioteca Circulante’ incentiva leitura em São Gonçalo

A ação conta com a co-participação da Biblioteca Municipal Genebaldo Rosa e apoio da ONG Afro Tribo. Foto: Ascom/PMSG

Com o intuito de estimular a leitura dos jovens estudantes gonçalenses, a Secretaria Municipal de Educação desenvolveu diversas ações educacionais durante a pandemia, e uma delas foi o projeto Biblioteca Circulante, que leva literatura para dentro da casa dos alunos. A ação conta com a co-participação da Biblioteca Municipal Genebaldo Rosa e apoio da ONG Afro Tribo.

A Biblioteca Circulante tem um acervo próprio com livros de literatura infanto juvenil, que é disponibilizado para a escola. A unidade de ensino, então, empresta os exemplares para os alunos, com todas as medidas de segurança sanitária devido ao Covid-19. Os estudantes ficam com os livros escolhidos no período de sete dias e no ato da devolução, eles entregam junto uma atividade pedagógica desenvolvida pela escola.

“A mediação de leitura serve como ferramenta para o estímulo à escrita, a formação crítica e integral do leitor e contamina a família”, disse o coordenador do projeto, Júlio Vidal.

O projeto vem crescendo cada vez mais nas escolas municipais, até o momento, quatro escolas estão desenvolvendo a Biblioteca Circulante, sendo elas: E.M. Nice Mendonça na sua biblioteca escolar, em Venda da Cruz; E.M. Salgado Filho junto com a Sala de Leitura João Pedro, em Itaoca; a E.M. Irene Barbosa, que participou do Projeto Caravana da Leitura do Autor Sul Fluminense, no Jardim Catarina; e o C.M. Castello Branco através da sua biblioteca escolar, no Boaçu.

“Começamos o ano incentivando a leitura e a pandemia interrompeu nossas ações. A Biblioteca Circulante proporcionou o resgate e o ânimo voltou. Alunos, famílias e professores passaram a se envolver no projeto e a leitura está auxiliando na formação integral dos nossos alunos”, contou a professora Dilza Mara, responsável pela biblioteca escolar da E.M. Nice Mendonça.

Além deste projeto, o município de São Gonçalo pôde contar com ações como: a criação do Programa Biblioteca Viva, que visa repensar o papel e o desenvolvimento das Bibliotecas em São Gonçalo, enfrentando o desafio e organizando o Sistema Municipal de Bibliotecas, articulando as ações realizadas pelas Bibliotecas Escolares, Bibliotecas Comunitárias e as Salas de Leitura, tudo coordenado pela Biblioteca Municipal Genebaldo Rosa.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *