terça, 22 de setembro de 2020

Filme produzido por alunos do Rio vence Júri Popular de festival

A diretora e atriz principal do filme é uma jovem da Zona Oeste do Rio. Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

O curta-metragem “Inspirações”, produzido por alunos da Escola Municipal Adalgisa Nery, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, venceu a mostra Júri Popular do 3° Festival de Cinema Curta Caicó, no Rio Grande do Norte.

O filme, dirigido e protagonizado pela aluna Ariany de Souza, aborda o racismo como um dos obstáculos na vida dos jovens negros que vivem na periferia.

“Estou muito feliz e emocionada! Foi um trabalho feito com muito carinho. Vejo esse prêmio como um real reconhecimento de todo nosso esforço, concentração e foco. O filme mostrou que todo mundo pode realizar o seu sonho”, vibra a jovem da Zona Oeste do Rio, que no filme explora todo o seu talento com músicas e poesias que ela mesma escreveu.

O Festival de Caicó reuniu 115 filmes divididos em quatro mostras competitivas e seis paralelas. Os vencedores foram escolhidos por votação on line. Nos próximos dias, o curta “Inspirações”, fruto do projeto #CinEscola, pode ser premiado mais uma vez.

Está na disputa das mostras Competitiva e Seleção Popular do 15º Festival Taguatinga de Cinema (FestTaguá2020), no Distrito Federal. O resultado sai no final do mês.

“É gratificante saber que a educação pública municipal pode ser um caminho para transformação social através da arte. Que seja o primeiro de muitos prêmios para todos que participaram do projeto. Esse prêmio é dedicado aos alunos que foram guerreiros, se empoderaram e hoje são visíveis”, comemora o professor Ygor Lioi, coordenador do #CinEscola, com a parceria dos cineastas Nathalia Sarro e André da Costa Pinto.

No início do ano passado, o professor de História decidiu criar uma matéria eletiva para ensinar os alunos do 9º ano da Escola Municipal Adalgisa Nery, em Santa Cruz, Zona Oeste da cidade, os primeiros passos de uma produção audiovisual.

Além de “Inspirações”, os alunos produziram mais dois curtas: “Para todes” e “Ainda somos os mesmos”, que também estão no FestTaguá2020.

A seguir, um breve resumo de cada filme e o link para assistir e votar. É necessário se cadastrar e fazer login no site do festival.

‘Inspirações’

A diretora e atriz principal do filme, Ariany de Souza, é uma jovem da Zona Oeste do Rio que encontrou na música e na poesia as inspirações para vencer os obstáculos que a vida foi colocando em seu caminho.

https://festivaltaguatinga.com.br/festivalTagua/15/assista/curta/filme/2071

‘Para todes’

Os alunos da Escola Municipal Adalgisa Nery embarcam numa aventura para mostrar ao mundo que é necessário romper com muros visíveis e invisíveis.

Estes acabam impossibilitando, na maior parte das vezes, pessoas com necessidades especiais, LGBT’s, mulheres, entre outros grupos, de participarem de partidas de futebol. No linguajar deles, mesmo que a partida seja “à brinca ou à vera”, há uma intensa disputa para saber o vencedor.

https://festivaltaguatinga.com.br/festivalTagua/15/assista/curta/filme/2072

‘Ainda somos os mesmos’

Será que os sonhos dos jovens da escola são iguais aos dos seus pais? Nesse curta, o diretor Jonathan Rodrigues, junto com os amigos de classe, questiona os responsáveis sobre quais eram seus sonhos na infância e como eles conseguem ver o mundo atualmente.

https://festivaltaguatinga.com.br/festivalTagua/15/assista/curta/filme/2073

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *