sexta, 22 de janeiro de 2021

Museu de Arte Moderna do Rio com oficinas de férias

Confira como participar. Foto: Redes Sociais

Durante os meses de janeiro, fevereiro e março de 2021, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, localizado no Parque do Flamengo, próximo ao Aeroporto Santos Dumont, oferecerá ao público o MAM de Verão, com uma programação para todos os públicos.

As atividades acontecem no MAM Rio, nas áreas circundantes do Parque do Flamengo e também online, engajando o público com dinâmicas de criação. Todas as ações estão organizadas com os protocolos de segurança e saúde recomendados pelas autoridades sanitárias.

Oficina de crítica de arte

A oficina “Palavras-chave: oficina de crítica de arte”, será realizada nos dias 14, 21 e 28 de janeiro, de 14h às 16h, para oito alunos por dia. O ingresso tem contribuição sugerida de R$ 20 (participante + responsável), mas também será oferecido de forma gratuita. A oficina é uma atividade com a educadora Lais Daflon, para jovens de 12 a 16 anos, acompanhados de um responsável. Para agendar, basta entrar no site do MAM.

A oficina tem o objetivo de apresentar aos adolescentes a crítica de arte e incentivá-los a criarem seus discursos sobre obras do acervo do museu presentes na exposição. A partir da observação e comentários, os participantes irão criar um mapa visual de palavras-chave sobre a obra, o artista e a exposição. Esse mapa será usado para formar discursos sobre a obra e sua relação com outras obras presentes na exposição. Ao final, terão como resultado textos curtos com os diferentes olhares dos participantes a partir de uma atitude crítica.

Oficinas Saberes da Mangueira

As oficinas Saberes da Mangueira integram a programação do MAM de Verão e marcam a reabertura do Bloco Escola do MAM Rio. A série de oficinas Saberes da Mangueira valoriza a divulgação de saberes coletivos próprios do universo musical carioca e das matrizes identitárias das escolas de samba da cidade do Rio de Janeiro.

A partir desta sexta-feira (8), uma série de encontros ministrados por integrantes da Estação Primeira de Mangueira dialogará com elementos básicos que giram em torno do Samba enquanto matriz de um processo histórico e cultural e da dança como experiência ancestral.

A série conta com a colaboração do curador convidado Leandro Vieira, carnavalesco da Mangueira. O ritmo e o corpo são as pautas centrais das experiências oferecidas nas sextas-feiras de janeiro, nos dias 8, 15, 22 e 29, das 14h às 16h.

O MAM reforça que não haverá compartilhamento de material entre os participantes e será mantido distanciamento social. A faixa etária é a partir de 16 anos, e menores de 18 anos precisam estar acompanhados por um responsável. Para realizar a inscrição, basta acessar o site do MAM.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *