segunda, 08 de março de 2021

Nego Di se defende: ‘Estava no meio de pessoas erradas’

Nego Di se defendeu no ‘Mais Você’. Foto: Reprodução/ Rede Globo

Depois de uma eliminação dolorosa, com 98,76% dos votos, Nego Di se defendeu durante café da manhã no ‘Mais Você’, nesta quarta-feira (17), com Ana Maria Braga.

A apresentadora começou a entrevista querendo saber a opinião do ex-bbb sobre ter batido o recorde de rejeição em eliminação do reality show e o humorista confessou que não dormiu ou trocou de roupa.

“Eu não dormi, não troquei de roupa, não comi. A gente tem que digerir. É doloroso escutar algumas coisas, ler outras. A gente sabe que não tem a ver com o seu caráter, com o que você é. Depois de eu ver alguns vídeos eu vi que estava no lugar errado”, disse.

Nego Di ainda fez questão de deixar claro que foi manipulado pela rapper Karol Conká no reality.

“Depois de alguns vídeos, vi que estava no meio de pessoas que seguiram um caminho errado. A Karol foi a principal que parei para analisar. Eu falava de uma militância exagerada, mas ela me trazia as coisas de uma maneira e eu não via. Não vi a maneira que ela tratou o Lucas, no almoço por exemplo. As informações chegavam de outra maneira”, contou.

O comediante ainda afirmou que Karol agia de um jeito quando estava com ele, e quando não, agia de forma diferente.

“Tudo que ela descreveu em um vídeo [falando de Lucas] era o que ela era. Um incrível poder de manipulação. Me senti usado para caramba”, afirmou.

Para deixar ainda mais claro e culpando Karol Conká e Lumena, Nego Di falou que não recebia as informações completas e afirma que Projota compartilhava do mesmo comportamento.

“Tem situações ali que a gente não está presente e que chegam de forma deturpada. Falava para Karol que a Lumena era radical, colocava gasolina. Não era de acordo com várias coisas que aconteciam. Não tinha noção de quão grave eram as coisas. Decidi confiar nas pessoas erradas”, disse o comediante.

O ex-bbb ainda contou que amigos viraram as costas e que o filho não está indo à escola por conta de ameaças.

“Ver amigos te virando as costas e artistas que você era fã vibrando, fazendo campanha, fazendo ameaças. Meu filho, hoje [17], não pode ir à escola por causa disso. As pessoas não sabem o quão cruel a internet pode ser. A gente erra a todo momento aqui fora, mas não temos câmeras aqui. Reconheço que errei para caramba, mas não sou esse mau caráter que as pessoas falam”, finalizou.

Taví Moura é antenado no que acontece com os famosos e nas principais polêmicas. Ele revela os
bastidores da fama, além das novidades do entretenimento.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *