terça, 26 de janeiro de 2021

Rogério Belisário deixa presidência da Cubango

Comunicado foi feito neste domingo. Foto: Redes Sociais

O presidente da Acadêmicos do Cubango, Rogério Belisário, renunciou o cargo neste domingo (20), alegando questões internas na verde e branco de Niterói. O comunicado foi divulgado na página oficial da agremiação, no Facebook.

“Infelizmente, por conta de algumas questões internas, deixo o cargo do qual me orgulho de ter ocupado com honestidade e paixão. Desejo que a Cubango continue neste caminho, contratando profissionais competentes, mantendo o compromisso com a comunidade de ir para a Avenida com dignidade, com um carnaval grandioso como toda escola de elite apresenta”, disse.

Ao longo do comunicado, Belisário diz que “na sua gestão encontrou uma escola ‘cheia de dívidas e sem credibilidades com profissionais e fornecedores’ e que a mesma ‘desfilava apenas para se manter na série A’, hoje chamada de Série Ouro, mas que conseguiu administrar as dívidas”.

De acordo com Olivier Luciano Vieira, mais conhecido como Pelé, que ficou na presidência da escola por mais de 10 anos e hoje faz parte do Conselho Soberano, a comunidade não estava satisfeita com o trabalho de Belisário, que acabou com os projetos sociais da escola antes mesmo da pandemia.

“Ele já não prestava conta das coisas da escola. A comunidade pedia esclarecimentos, prestação de contas, mas ele nunca fazia. Acabou com os projetos sociais e no dia do aniversário da escola nem uma oração foi feita, a comunidade que se juntou e fez um churrasco”, disse Pelé.

Com a comunidade insatisfeita, Belisário foi convidado a se retirar da verde e branco, a qual administrou por três anos. Agora, o Conselho Soberano irá montar uma comissão para a eleição que acontecerá em março de 2021.

Por enquanto, a escola fica sem presidente e vice, que também pediu para sair antes de Belisário, pois não estava satisfeito com sua gestão.

A escola da Zona Norte de Niterói será a segunda a desfilar na Marquês de Sapucaí, no carnaval de 2021, com o enredo ‘Oilé Cubango’, de autoria dos carnavalescos Alexandre Rangel e Raphael Torres. Este ano, a escola foi a quinta colocada com 268,8 pontos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *