segunda, 21 de setembro de 2020

Teatro Popular de Niterói recebe espetáculo infantil sobre feminismo

“Quem Disse?” é um passeio com Ritinha e Bernardo, duas crianças que compartilham sonhos, dúvidas e a vontade de construir um mundo onde a diferença não os separem. Foto: Divulgação

Em cartaz aos domingos no Teatro Popular Oscar Niemeyer, “Quem Disse?” é um passeio com Ritinha e Bernardo, duas crianças que compartilham sonhos, dúvidas e a vontade de construir um mundo onde a diferença não os separem. O espetáculo tem apresentações até 9 de fevereiro, sempre aos domingos, às 11hm com entrada gratuita.

A direção é de Breno Sanches, artista indicado ao Prêmio Zilka Salaberry de teatro infantil 2017/2018. Dando vida aos personagens e também executando a trilha musical, Filipe Codeço e Ana Luiza França, também autora da obra. A entrada é gratuita e fará parte da programação do projeto “Verão no Popular”.

A história se desenvolve a partir dos personagens que, pedalando suas bicicletas e desbravando os mundos da imaginação, se questionam sobre a ideia de família tradicional, sobre os papéis sociais que aprisionam as identidades de gênero e nos convidam a transformar o modo como nos organizamos como sociedade. 

“Como professora de teatro, lidando cotidianamente com crianças desde 2006, me encanta ver como não nascemos com preconceitos ou ideias prontas e como tendemos a questionar a realidade: “porque tal coisa tem que ser assim? Quem disse?”. Ao longo da vida vamos aprendendo como “devemos” ser, o que é “certo” ou “errado”, o “normal” que tantas vezes faz o mundo permanecer desigual e injusto. Aprendemos a aceitar as regras, sem pensar que alguém, um dia, disse que assim que deveria ser”, indaga Ana Luiza França. 

Para a autora o feminismo deve ser inserido na educação das crianças desde cedo para que cresçam com senso crítico. 

“Acredito que do contato das crianças com o feminismo, talvez o mais importante, seja que elas possam ver que ele não é um bicho de 7 cabeças, nem é para prejudicar ninguém, ao contrário, o feminismo é um confronto contra regras injustas e cruéis. Na nossa peça, elas verão os personagens, duas crianças como elas, questionando o funcionamento do mundo, lugares de poder e normas de comportamento. Com suas muitas perguntas e o desejo de poderem ser o que são, convidam o público a visitar um lugar dentro de si em que somos capazes de nos questionarmos, de questionarmos certezas, de descobrirmos nossos próprios desejos e, apesar das lágrimas, mantermos o peito cheio de coragem para lutar por um mundo mais justo”, frisa.

Após a estreia em palcos cariocas, no Teatro Ipanema, o espetáculo volta a Niterói, para sua segunda temporada gratuita, realizada através da Chamada Pública de Teatro Infantil em novos espaços cênicos, da Fundação de Arte de Niterói. 

O Teatro Popular Oscar Niemeyer fica localizado na Rua Jorn. Rogério Coelho Neto, s/n – Centro, Niterói. Para quem está em cidades vizinhas e quer curtir essa história, o teatro fica bem próximo às Barcas que vem do Rio, atrás do Terminal de ônibus. 

SERVIÇO

QUEM DISSE? – TEATRO FEMINISTA PARA CRIANÇAS

Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer

Endereço: Rua Jorn. Rogério Coelho Neto, s/n – Centro, Niterói – RJ (atrás do Terminal de ônibus).

Data: aos domingos de 19 de janeiro a 9 de fevereiro

Hora: 11 horas

Classificação Indicativa: livre

Tempo: 55 minutos

Entrada Gratuita

FICHA TÉCNICA

Direção: Breno Sanches 

Texto: Ana Luiza França 

Elenco: Ana Luiza França e Filipe Codeço 

Cenografia e Figurinos: Patricia Muniz 

Desenho de luz: Ricardo Lyra Jr. 

Trilha sonora: Daniel Carneiro 

Canções originais: Ana Luiza França 

Arranjos: Filipe Codeço 

Fotografia: Laura França 

Operação de som: Bernardo Carvalho e Breno Sanches 

Assessoria de Imprensa: Monteiro Assessoria

Dir. de Produção: Ana Luiza França

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *