sábado, 24 de outubro de 2020

Botafogo é o time mais endividado do futebol brasileiro, diz pesquisa

A dívida do Botafogo atingiu a marca história de R$ 893 milhões. Foto: Vitor Silva/Botafogo

Botafogo vive uma situação financeira complicada. Segundo análise feita pela empresa Pluriconsultoria, tendo como base os números oficiais de 2019, o Alvinegro aumentou em 7% a sua dívida em relação ao ano anterior. O Botafogo atingiu a marca história de R$ 893 milhões. A maior dívida do futebol brasileiro. Segundo análise da empresa, “o enorme endividamento (maior do futebol brasileiro) gera pressão intensa sobre o caixa e reduz a capacidade de investimentos, tornando imperativa a necessidade de atração de parceiros que possibilitem a injeção de recursos e a reestruturação do asfixiante passivo”.

Apesar da dívida alta, o Botafogo conseguiu aumentar em 17% a sua receita bruta no período. Também houve um aumento de 41% nas negociações de atletas. Entretanto, a receita com cotas de televisão caiu 14%.

O estudo deixa visível que a diretoria precisa fazer a lição de casa e reduzir as despesas. Isso porque as despesas totais subiram 17%, nível acima da taxa de crescimento das receitas. Algo que torna a situação ainda mais comprometedora.

Futuro mais animador

Se as friezas dos números torna o Botafogo a maior dívida do futebol brasileiro, poucos clubes parecem dar tantos sinais de reação nesta esfera. A transformação do clube em empresa, já aprovada e aguardando apenas o Congresso Nacional transformar em lei, deverá mudar a realidade. Há expectativa do Glorioso arrecadar cerca de R$ 350 milhões apenas para o pagamento de dívidas imediatas. Além disso, grupos de empresários de fora do país, como Japão, Arábia Saudita e China já demonstram interesse no clube.

Um exemplo de que o Botafogo espera uma nova realidade financeira é a ousada estratégia do clube na ida ao mercado. Após anunciar o meia japonês Keisuke Honda, o Botafogo negocia com os volantes africanos Yaya Touré, nascido na Costa do Marfim, e Obi Mikel, que é nigeriano. Além disso, recentemente Ricardo Rotenberg, membro do conselho gestor do Botafogo, revelou que o clube sondou a possibilidade de o atacante Arjen Robben voltar a jogar.

(Gazeta Esportiva)

Publicada às 14h36

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *