sábado, 24 de outubro de 2020

Clubes aprovam o fim da venda de mandos de campo no Campeonato Brasileiro

Os 20 clubes que formam a Série A do Campeonato Brasileiro votaram e aprovaram, nesta quinta-feira (27), o fim da venda de campo na competição nacional.

Apesar do veto, entretanto, a CBF poderá avaliar casos excepcionais por motivos técnicos. A informação foi divulgada pelo Uol Esporte.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) levou a proposta para ser votada entre os clubes. A venda de mando, até o ano passado, só era vetada nas cinco rodadas finais do Brasileirão. Antes disso, as equipes podiam levar jogos para fora de seus estados para ter um maior ganho financeiro.

Segundo a reportagem do Uol Esporte, o Flamengo era um dos clubes a favor da venda de mandos, com o argumento de que o Rubro-Negro é um time com torcida em todos os lugares.

Foi aprovada também a redução no número de atletas inscritos na Brasileirão. Até o ano passado os clubes podiam contar com até 45 jogadores. A partir de 2020, serão 40 jogadores inscritos por equipe, que poderá fazer até oito alterações durante a competição.

A CBF ainda levou a proposta de limitar a troca de técnicos, mas os clubes não quiseram discutir e sequer colocaram em votação.

(Gazeta Esportiva)

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *