segunda, 21 de setembro de 2020

Corinthians e Botafogo empatam com gol de Kalou

Mais cedo o Flamengo derrotou o Fortaleza por 2 a 1 no Maracanã. Foto: Vitor Silva / Botafogo

Não foi dessa vez. Desde 2012 sem derrotar o Corinthians fora de casa, o Botafogo vencia por 2 a 1 até os 47 minutos do segundo tempo, quando Jô empatou para o Timão. O duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro marcou a “estreia” da Neo Química Arena, antiga Arena Itaquera, e teve muitos gols e polêmica.

O primeiro lance controverso ocorreu aos 11 minutos de jogo. Fagner tentou lançamento para Gustavo Mosquito. O atacante caiu na área e o árbitro Rafael Traci marcou pênalti de Marcelo Benevenuto. Sem intervenção do VAR, e com muita reclamação do time do Botafogo, Fagner bateu com perfeição no canto direito de Gatito Fernández para abrir o placar.

Não foi dessa vez. Desde 2012 sem derrotar o Corinthians fora de casa, o Botafogo vencia por 2 a 1 até os 47 minutos do segundo tempo, quando Jô empatou para o Timão. O duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro marcou a “estreia” da Neo Química Arena, antiga Arena Itaquera, e teve muitos gols e polêmica.

O primeiro lance controverso ocorreu aos 11 minutos de jogo. Fagner tentou lançamento para Gustavo Mosquito. O atacante caiu na área e o árbitro Rafael Traci marcou pênalti de Marcelo Benevenuto. Sem intervenção do VAR, e com muita reclamação do time do Botafogo, Fagner bateu com perfeição no canto direito de Gatito Fernández para abrir o placar.

O Botafogo reagiu. Aos 21 minutos, Guilherme tentou cruzar e a bola bateu no braço de Fagner. Quando todos esperavam a bola alçada na área, Bruno Nazário bateu direto para o gol, de perna esquerda, surpreendendo Cássio. Falha ou golaço? Um pouco dos dois.

O Botafogo reagiu. Aos 21 minutos, Guilherme tentou cruzar e a bola bateu no braço de Fagner. Quando todos esperavam a bola alçada na área, Bruno Nazário bateu direto para o gol, de perna esquerda, surpreendendo Cássio. Falha ou golaço? Um pouco dos dois.

O Corinthians voltou bem melhor no segundo tempo e passou a dominar o Botafogo, mas sempre errava no último toque. Em um contra-ataque, o Glorioso virou o jogo. Kalou recebeu no meio de campo, tabelou com Rhuan, driblou Danilo Avelar e chutou de perna direita, rasteiro, para marcar o segundo.

No lance seguinte o Corinthians empatou, mas o gol não valeu. Fagner cruzou e Otero cabeceou para o fundo das redes. O VAR foi acionado e viu falta de Jô em cima de Marcelo Benevenuto.

O Botafogo recuou demais no fim da partida para segurar a vitória e acabou sofrendo o empate. Aos 47 minutos, Léo Natel e Fagner fizeram boa jogada pela direita e o lateral tocou rasteiro para Jô finalizar e deixar tudo igual.

Com o resultado, o Botafogo chegou a oito pontos e enfrenta o Athletico na próxima quarta-feira (9), às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). O Corinthians agora soma nove pontos e tem pela frente o clássico com o Palmeiras, quinta-feira (10), às 19h15, na Neo Química Arena, em São Paulo. 

Fonte: Agência Brasil

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *