quarta, 27 de janeiro de 2021

Criança de 11 anos relata racismo em partida de futebol

Luiz comoveu o Brasil com denúncia de racismo. Foto: Reprodução

Mais um caso de racismo exposto nas redes sociais. Desta vez, a denúncia veio de uma criança. Luiz Eduardo Bertoldo Santiago, de 11 anos, relatou após uma partida do Uberlândia Academy, em Caldas Novas, Goiás, que o treinador do time adversário se dirigiu a ele diversas vezes de forma racista.

Muito emocionado e sendo consolado pelo grupo, ele viralizou na internet e causou comoção e revolta. Muitas mensagens de carinho foram enviadas a Luiz, apesar de a postagem não ter sido feita pela sua conta. Com a repercussão, alguns perfis esportivos condenaram o ato racista do aversário.

Posteriormente, o Uberlândia Academy, através de suas redes sociais, também divulgou uma nota de repúdio, detalhando o acontecido e pedindo providências por parte dos organizadores do Caldas Cup, campeonato disputado pelo time.

O Uberlândia informou ainda que registrou Boletim de Ocorrência. A Polícia Civil vai investigar o caso. Em seguida, responsáveis pela Caldas Cup informaram que “repudiam qualquer atitude racista ou discriminatória ocorrida dentro ou fora do evento”.

Após a denúncia, a Liga Desportiva da Região das Águas Thermais, organização sem fins lucrativos que organiza a competição, decidiu suspender provisoriamente Lázaro Caiana de Oliveira, membro da comissão técnica do Set Esportes. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *