sexta, 23 de outubro de 2020

Crivella debate volta do Campeonato Carioca

Reunião não contou com Flu e Botafogo, contrários à retomada. Foto: Divulgação

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e o Presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, se reuniram na tarde deste domingo (24) com representantes de 14 dos 16 clubes que integram o Campeonato Estadual, entre eles, Vasco e Flamengo. O objetivo do encontro era discutir a retomada do torneio a partir de 14 de junho.

Botafogo e Fluminense, contrários à volta imediata dos jogos, não enviaram representantes à reunião. Algumas atividades físicas foram liberadas a partir de desta terça-feira (26). 

Em nota oficial, a Ferj afirmou que diante da “previsão de volta do futebol possivelmente para meado de junho, mas sem público, os clubes devem progredir, passo a passo, com fase de avaliação clínica, testes físicos, exercícios de reabilitação dos efeitos da inatividade muscular e atividades de recuperação da capacidade laborativa”.

Ausentes ao encongro, Fluminense e Botafogo se posicionaram por meio de notas oficiais. O Tricolor afirmou, no comunicado oficial que não foi convidado a participar da reunião.

“Nosso entendimento é de que jogos sem público não impedem aglomerações (…). O futebol, por movimentar paixões, deve estar ciente de seu compromisso social e não alimentar ansiedades”, diz a nota.

Já o presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, reiterou em nota oficial sua preocupação com o reinício do Estadual. “Reafirmamos não ser o momento para voltar a ter treinos presenciais. O futebol é um instrumento de altíssimo impacto e repercussão social. Passar essa imagem de retorno imediato, no auge da crise, de mortes, com a curva ainda em ascensão, é estar em desconexão com a realidade. Além de desumana é insensível do ponto de vista interno, com nossos atletas, comissão técnica, funcionários e seus familiares. Vai chegar a hora de voltarmos, mas não será agora”.

Na reunião, o prefeito revelou que o Comitê Científico classificou como irrepreensível o Protocolo Jogo Seguro de retorno aos treinamentos, produzido pela Ferj  e médicos. O encontro contou com a participação de dirigentes do America, Americano, Bangu, Boavista, Cabofriense, Madureira, Portuguesa, Macaé, Nova Iguaçu, Flamengo, Vasco, Volta Redonda, Friburguense e Resende.

Ao final do encontro, ficou combinado que novas reuniões deverão ocorrer para troca de informações, reavaliação e ajustes de diretrizes.

Agência Brasil

Publicada às 14h08

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *