quinta, 24 de setembro de 2020

Diretor da Fifa admite erros no jogo do Brasil

Apesar da Fifa indicar que o árbitro Cesar Ramos acertou no lance que originou o gol da Suíça no jogo contra o Brasil, pelo Grupo E da Copa do Mundo, o entendimento não é unânime na entidade. Marco Van Basten, ex-jogador e atual diretor-técnico da Fifa, entendeu que houve falta sobre Miranda no lance.

“Tive várias discussões com pessoas da Fifa sobre esse assunto nos últimos dias. Acho que precisamos aprender com o caso. Não acho que o juiz deveria ter dado aquele gol. Essa é a minha opinião pessoal”, explicou Van Basten.

Os árbitros de vídeo chegaram a avaliar o lance, mas entenderam que não houve falta e, por isso, não chamaram o árbitro para uma revisão oficial com a paralisação da partida. O mesmo procedimento ocorreu no lance em Gabriel Jesus, que reclamou pênalti.

A CBF enviou uma carta de reclamação à Fifa e pediu o áudio entre os árbitros. A entidade internacional se comprometeu a responder, mas não pretende liberar os detalhes da comunicação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *