quarta, 20 de janeiro de 2021

Flamengo consegue redução na pensão de famílias das vítimas do Ninho

Após julgamento nesta quarta-feira (2), o Flamengo não precisará mais pagar a pensão de R$ 10 mil às famílias das vítimas do incêndio do Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019. A 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça julgou procedente o agravo do clube para encerrar o pagamento.

Tragédia do Ninho vitimou 10 jovens (foto: Reprodução)

A pensão foi estabelecida em decisão da 1ª Vara Cível, no final de 2019, após solicitações da Defensoria e do Ministério Público. Desde então, o clube vinha recorrendo da obrigação, conseguindo sua anulação hoje. 

A votação final ficou em 2 a 1. O voto vencido foi da desembargadora Sirley Abreu Biondi, que sustentou ser atribuição da Defensoria e do Ministério Público defender as famílias. Os demais desembargadores votaram contra e acabaram por extinguir o direito das famílias ao valor previamente definido. 

– O julgamento não atendeu a melhor técnica do direito, nem a doutrina e a jurisprudência sobre o tema. É certo que as famílias e os atletas lesados poderiam e deveriam ser defendidos pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público. Além do que, ainda subsistem outros pedidos, inclusive de danos morais coletivos, pelo absurdo, pela tragédia que aconteceu no Ninho do Urubu – disse Patrícia Cardoso, coordenadora do Núcleo Cível da Defensoria. 

Ficou estabelecido que todas as vítimas ainda menores de idade terão direito a cerca de R$ 5 mil de pensão. Ainda será julgada a ação principal, que conta com o pedido de danos morais coletivos e individuais, assim como os valores de indenização. Mas a decisão de hoje pode ter sacramentado a derrota das famílias visando uma reparação que não seja por um acordo com o clube. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *