terça, 22 de setembro de 2020

Flamengo faz tributo aos meninos do Ninho e avança no Carioca

Jogo do luto: tragédia no Ninho do Urubu completa um ano. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Em jogo marcado por homenagens aos meninos que morreram na tragédia no Ninho do Urubu, o Flamengo venceu por 2 a 0 o Madureira, neste sábado, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a 13 pontos e garantiram vaga nas semifinais da Taça Guanabara, na segunda colocação do grupo A. Já o Tricolor Suburbano ficou de fora da fase final do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Os flamenguistas dominaram os 90 minutos, mas tiveram dificuldade em passar pela retranca do Madureira em boa parte da partida. O gols da vitória rubro-negra aconteceram somente no segundo tempo, com Gabigol e Pedro.

O Flamengo vai enfrentar na semifinal da Taça Guanabara o primeiro colocado do grupo B, que pode ser Fluminense ou Volta Redonda, nesta quarta-feira.

O jogo

Antes do início, foi respeitado um minuto de silêncio pelo meninos que morreram no Ninho do Urubu. Com a bola rolando, o Flamengo dominou a partida desde os primeiros minutos. No entanto, os rubro-negros só criaram sua primeira chance de gol aos 12 minutos. Gabigol foi lançado na área e chutou em cima do goleiro Douglas.

O lance animou os flamenguistas, que tiveram nova chance no minuto seguinte. Arrascaeta aproveitou corte da zaga e mandou de voleio por cima do travessão. O Madureira só respondeu aos 18, quando Ygor Catatau finalizou para boa defesa de Diego Alves.

O susto não mudou a postura do Flamengo, que quase marcou aos 20 minutos. Gabigol subiu sozinho na área e cabeceou para grande defesa de Douglas.

A partir dai, o Madureira conseguiu melhorar a marcação e passou a impedir a criação de boas jogadas por parte do Flamengo. Mesmo com a posse de bola, os rubro-negros pecavam nos passes próximos da área adversária. Assim, o duelo permaneceu com o placar inalterado até o intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo manteve o domínio da posse de bola, mas continuava tendo dificuldade em passar pela retranca do Madureira. Os rubro-negros chegaram a balançar as redes aos 12 minutos, com o estreante Léo Pereira, mas o gol foi anulado após a arbitragem assinalar falta do zagueiro.

Só que aos 15 minutos, os flamenguistas abriram o placar aos 15 minutos. Após cruzamento, Bruno Henrique dividiu com o goleiro e a bola sobrou para Gabigol apenas mandar para as redes.

Com a vantagem, o Flamengo diminuiu o ritmo da pressão, mas continuava em busca do gol. Diego arriscou de longe e assustou Douglas. Depois, Bruno Henrique finalizou para grande defesa do goleiro do Madureira.

Nos minutos finais, os rubro-negros aumentaram novamente a pressão em busca do gol. O segundo veio somente nos acréscimos, com Pedro, para dar números finais no Maracanã.

Gazeta Esportiva

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *