O jogo começa ás 16h. Foto: Lucas Merçon/FFC

FMotivados por bons resultados recentes, Fluminense e Botafogo fazem o clássico carioca que abre neste sábado, às 16h (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), a quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor, que soma três pontos, ganhou novo ânimo após a histórica virada de 5 a 4 sobre o Grêmeo no fim de semana passado, no Rio Grande do Sul. Já o Glorioso venceu os dois últimos jogos, 3 a 2 sobre Bahia e 1 a 0 sobre Fortaleza, e defende a permanência no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, com seis pontos conquistados.

Fernando Diniz, treinador do Fluminense, espera um confronto muito equilibrado.

“Trata-se de um clássico, com duas equipes vindo de bons resultados e que querem muito subir mais na tabela de classificação. A expectativa é de um confronto muito equilibrado, onde quem errar menos vai ganhar”, disse Diniz.

O pensamento é o mesmo do treinador do Botafogo, Eduardo Barroca, que conseguiu colocar na cabeça de seus comandados a necessidade de olhar o Fluminense com outros olhos após a virada do Tricolor sobre o Grêmio.

“Vai ser um clássico, muito complicado, com as duas equipes precisando do resultado positivo. O Fluminense conta com jogadores inteligentes, qualificados e vem conseguindo crescer na temporada. Temos que estar atentos”, disse o atacante Erik.

Para não cair nas armadilhas do rival, o Botafogo projeta um jogo de paciência.

“Contra o Bahia ficamos atrás no marcador e conseguimos equilíbrio e paciência para virarmos o marcador. Contra o Fortaleza também não ficamos desesperados pelo fato de o gol não sair. Temos que usar isso a nosso favor contra o Fluminense. O time deles deverá buscar o gol pois vem de um bom resultado e por isso mesmo temos que ser inteligentes para acharmos a hora certa de ganhar”, disse o zagueiro argentino Joel Carli.

Para vencer a paciência dos botafoguenses, os tricolores apostam na força de sua torcida.

“Vamos jogar no Maracanã depois de um grande resultado e queremos fazer o possível na busca pela vitória. Temos que contar com o apoio dos nossos torcedores. Esperamos que eles possam mais uma vez comparecer em bom número para nos incentivar”, convocou o atacante Yony González

Em termos de escalação o Fluminense entra em campo reforçado de dois nomes de peso. O meia Paulo Henrique Ganso, livre de lesão na coxa esquerda, e o atacante Pedro, que não era titular desde que operou o joelho direito no ano passado, assume a condição de titular. O primeiro entra na vaga do volante Bruno Silva, que sofreu uma lesão no menisco do joelho esquerdo diante do Grêmio e só volta a jogar depois da Copa América. Já Pedro ganha o posto de Guilherme. O volante Aírton, com lesão muscular no adutor da coxa direita, cede o posto para Yuri, que foi contratado junto ao Santos.

Pelo lado do Botafogo, Barroca deverá fazer uma alteração. O volante Alex Santana deve ganhar a vaga de Gustavo Bochecha, que não foi bem diante do Fortaleza. Mesmo recuperado de uma entorse no joelho direito, o lateral-esquerdo Jonathan parece ter perdido mesmo a posição para Gilson. Na direita, Fernando parece ter ganhou mesmo a vaga de Marcinho, muito criticado pelos torcedores.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *