quarta, 21 de outubro de 2020

Fluminense goleia Madureira no Maracanã

Tricolor começou a partida tentando pressionar o Madureira. Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense começou bem a Taça Rio ao golear por cinco a um o Madureira, neste domingo (1º), no Maracanã. Com o resultado, os tricolores assumiram a liderança do grupo B do segundo turno do Campeonato Carioca.

O Madureira abriu o placar logo no início, após gol contra de Nino. Só que o Fluminense decretou a vitória com três gols nos minutos finais do primeiro tempo. Evanílson duas vezes, e Marcos Paulo, marcaram para os tricolores. No segundo tempo, Marcos Paulo e Hudson ainda fizeram mais dois para os donos da casa.

Na próxima rodada, o Fluminense terá pela frente o Resende, no domingo (8), no Maracanã. Já o Madureira entra em campo no sábado (7), contra o Macaé, na Região dos Lagos.

O jogo

O Fluminense começou a partida tentando pressionar o Madureira, no entanto, na primeira vez que chegou ao ataque, os visitantes abriram o placar no Maracanã. Após falta cobrada na área, Emerson Carioca resvalou de cabeça e viu Muriel impedir o gol. Só que a bola bateu em Nino e voltou para a rede.

O revés não mudou a postura do Fluminense, que seguiu em busca do gol. Aos dez minutos, Hudson tentou por cobertura, mas Edmário salvou o Madureira. A partir dai, o Madureira se fechou e passou a dificultar as ações para os tricolores.

O Fluminense só levou perigo novamente aos 35 minutos. Yuri arriscou de longe e obrigou Douglas a fazer boa defesa. O lance animou os tricolores, que conseguiu chegar ao empate aos 42 minutos. Wellington Silva foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Evanílson cobrou com categoria para igualar o marcador.

O Fluminense ganhou força com o gol e virou aos 45 minutos. O goleiro Douglas saiu mal e tocou errado, nos pés de Marcos Paulo. O atacante dominou e tocou para a rede para deixar os tricolores a frente no placar no Maracanã. Nos acréscimos, os tricolores ainda tiveram tempo de aumentar a vantagem. Aos 48 minutos, Marcos Paulo foi lançado na área e tocou na saída de Douglas. Evanílson apareceu nos meio dos zagueiros e só empurrou para a rede para deixar os donos da casa tranquilos no intervalo.

O segundo tempo começou em ritmo mais lento. Com a vantagem no placar, o Fluminense administrava o resultado com bastante toque de bola e não corria riscos na defesa.

O Madureira, aos poucos, buscou o ataque com mais intensidade e teve boa chance aos 21 minutos, quando Wander recebeu passe na área, mas chutou em cima da zaga. A resposta do Fluminense veio em grande estilo no minuto seguinte. Marcos Paulo roubou a bola de Marlon, entrou na área e tocou na saída de Douglas para ampliar o marcador.

O novo revés foi sentido pelo Madureira, que pareceu não ter mais força para reagir. Com isso, o Fluminense cresceu na partida e quase ampliou aos 27 minutos, quando Yago Felipe chutou colocado da entrada da área e obrigou Douglas a fazer grande defesa. Depois, foi a vez do goleiro parar Marcos Paulo, que cabeceou com estilo.

Nos minutos finais, o Fluminense manteve o domínio do confronto e chegou ao quinto gol aos 46 minutos. Hudson tabelou com Miguel e tocou na saída de Douglas para dar números finais no Maracanã.

Gazeta Esportiva.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *