terça, 22 de setembro de 2020

Fluminense vence Corinthians com dois gols de Nenê

Com gols de Nenê o tricolor voltou a se aproximar do G4. Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Encerrando uma sequência de três jogos de jejum de vitórias, o Fluminense derrotou, neste domingo (13), o Corinthians por 2 a 1 no estádio do Maracanã, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o tricolor das Laranjeiras voltou a se aproximar do G4. Já o Corinthians, dependendo dos resultados desta rodada, pode amargar a zona de rebaixamento.

O Timão contou à beira do campo com Dyego Coelho, técnico do time sub-20, que assumiu de forma interina o posto na equipe profissional após a demissão do técnico Tiago Nunes na última sexta (11). Do outro lado, o tricolor carioca não pôde contar com o atacante Fred. O jogador foi diagnosticado com o novo coronavírus (covid-19), em exame realizado na última quinta-feira (11).

No início da partida, aos 7 minutos, o Fluminense abriu o placar. Após cruzamento de Calegari pelo lado direito, Nenê bateu e foi travado pela zaga. Na segunda oportunidade, mesmo caído, de perna direita, Nenê abriu o placar. Com mais domínio, embora sem criar boas oportunidades, o tricolor voltou ao ataque com Nenê, aos 27, que bateu da entrada da grande área por cima da baliza adversária.

Os visitantes responderam com o venezuelano Otero, aos 37, em cobrança de falta, que obrigou o arqueiro Muriel a espalmar a bola. Foi a jogada mais perigosa dos corintianos na primeira etapa. Em seguida, a equipe comandada pelo técnico Odair Hellmann quase ampliou aos 48. Após uma cabeçada do lateral-esquerdo Danilo Barcelos, atento, o goleiro Cássio conseguiu dar um tapa na bola e evitar o gol.

No segundo tempo, com dificuldade na criação, o Corinthians chegou ataque aos 14, em um chute de Everaldo. Bem posicionado, Muriel encaixou. Dois minutos depois, Everaldo fez um gol de cabeça, mas o árbitro do jogo Braulio da Silva Machado (Fifa, SC) marcou impedimento. Este lance acabou servindo como banho de água fria para a equipe paulista.

Aos 23 foi a vez de o zagueiro Nino chutar, na grande área, por cima da meta de Cássio. Apesar dos donos da casa controlarem o jogo, não transformavam o domínio em gol. Porém, aos 40 minutos Luiz Henrique chutou e a bola explodiu na mão de Bruno Méndez. Neste lance, o juiz marcou pênalti. Nenê cobrou e converteu seu segundo gol do jogo.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Nos acréscimos, aos 46, Danilo Barcelos cometeu falta duríssima em Michel e deixou o Fluminense com um a menos. Após a superioridade numérica em campo, o Timão ainda descontou com Mateus Vital. Fluminense 2, Corinthians 1.

(Agência Brasil)

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *