domingo, 17 de janeiro de 2021

Honda solta o verbo: “Vou começar a pensar em ir embora”

O clima do Botafogo não é dos melhores. Depois de perder quatro seguidas e dispensar o técnico Ramón Diaz, que sequer chegou a comandar o time na beira do campo, foi a vez do japonês Honda demonstrar sua insatisfação nas redes sociais.

Inicialmente ele postou, em seu Twitter, apenas a palavra “inacreditável”:

Minutos depois, escancarou a possibilidade de deixar o clube caso não seja convencido do contrário pela diretoria:

Como um dos líderes do elenco, é possível que ele mobilize outros jogadores contra a diretoria do clube. A torcida demonstrou apoio às palavras de Honda e também criticaram muito a cúpula alvinegra, liderada por Nelson Muffarrej, presidente do clube.

Keisuke Honda chegou ao Botafogo em fevereiro (foto: Thiago Ribeiro)

O Alvinegro, que ocupa a 19ª posição na tabela com apenas 20 pontos em 22 jogos, volta a campo no próximo dia 5 para enfrentar o Flamengo, no Estádio Nilton Santos, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro está 5 pontos atrás do Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *