domingo, 17 de janeiro de 2021

Jornalista cobra Gabigol à frente de Messi na Bola de Ouro

A FIFA anunciou na última quarta-feira (25) a lista de candidatos à Bola de Ouro, o maior festival de prêmios do mundo do futebol. Como sempre, os nomes geraram debate entre os apaixonados pelo esporte e, naturalmente, entre os profissionais de imprensa.

O jornalista Paulo Cobos, da ESPN, questionou a ausência de Gabriel Barbosa, o Gabigol, e o colocou à frente do craque argentino Lionel Messi, do Barcelona, eleito seis vezes o melhor jogador do mundo:

– É um prêmio de um período específico. E, nesse tempo, o flamenguista marcou mais gols, ganhou títulos e não se arrastou em campo como a lenda argentina.

Gabigol é artilheiro e ídolo do Flamengo (foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Além do artilheiro e ídolo rubro-negro, o colunista reclamou de outro nome marcante do Flamengo e ignorado pela premiação anual: o técnico Jorge Jesus.

– Não é possível ignorar a temporada perfeita do português no futebol brasileiro e sul-americano. Ela não foi feita com um futebol pragmático, medroso. O Flamengo jogou muita bola. Dizer que Lopetegui (técnico do Sevilla) fez mais do que Jesus é balela.

Gabigol e Jorge Jesus conquistaram, juntos, cinco títulos pelo Flamengo: Carioca (2020), Supercopa do Brasil (2020), Recopa Sul-Americana (2020), Campeonato Brasileiro (2019) e Libertadores da América (2019). O centroavante disputou, na última temporada, 59 partidas, balançando as redes em 43 oportunidades e dando 12 assistências.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *