segunda, 25 de janeiro de 2021

Morre mulher atropelada por Marcinho, após uma semana internada

Carro de Marcinho ficou destruído pela colisão. Foto: Divulgação

Morreu na noite desta terça-feira (5) Maria Cristina José Soares, mulher atropelada pelo lateral-direito Marcinho, ex-Botafogo. Ela estava internada há uma semana em estado grave. Seu marido, Alexandre Silva de Lima, morreu na hora do acidente.

Maria era professora e tinha 66 anos. Ela se recuperava de cirurgias nas duas pernas no Hospital Vitória, mas seu quadro se agravou e ela não resistiu. Durante o processo, ela foi diagnosticada também com Covid-19.

O acidente foi causado por Marcinho na madrugada do último dia 30. O atleta atropelou os dois no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e fugiu sem prestar socorro.

Na última segunda-feira (4), Marcinho e seu pai, o empresário Sergio Lemos de Oliveira, prestaram depoimento. Eles alegaram medo de linchamento como motivo para não permanecer no local do acidente.

Segundo os relatos das testemunhas, o veículo dirigido por Marcinho estava em alta velocidade e ainda teria passado por cima do corpo de Alexandre na tentativa de fugir, arrastando-o por alguns metros.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *