sábado, 15 de maio de 2021

Organização das Olimpíadas deve adiar decisão sobre limite de público

Olimpíadas terão público limitado no Japão. Foto: Divulgação

Os organizadores das Olimpíadas de Tóquio indicaram nesta quarta-feira (21) que devem adiar a decisão sobre o limite de espectadores nas instalações, possivelmente até junho, já que o ressurgimento de casos de Covid-19 complica o planejamento.

Os organizadores dos Jogos decidiram no mês passado que os espectadores internacionais não teriam permissão para entrar no Japão e afirmaram que decidiriam em abril quantos espectadores nacionais teriam permissão para entrar nas instalações.

Mas a presidente da Tóquio-2020, Seiko Hashimoto, disse em entrevista coletiva que a decisão levaria mais tempo, enquanto eles estudam a situação do novo coronavírus no país.

Durante o mês de abril, gostaríamos de mostrar a direção que estamos tomando (de limites de espectadores), mas olhando para a situação daqui para frente ainda estamos considerando o momento para tomar a decisão final”, disse ela, após um encontro virtual com o Comitê Olímpico Internacional (COI).

O CEO da Tóquio-2020, Toshiro Muto, disse que uma decisão “pode vir em maio ou junho, dependendo da situação”. O Japão enfrenta uma quarta onda de casos de Covid-19, com Tóquio e outras áreas implementando medidas restritivas.

Agência Brasil

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');