sábado, 23 de janeiro de 2021

Organizadas do Flamengo são punidas por conta da ‘rua de fogo’

O Ministério Público decidiu, na tarde desta sexta-feira (11), punir as torcidas organizadas do Flamengo por 30 dias devido à “rua de fogo” promovida no dia 11 de novembro, na recepção do time no Maracanã, visando a partida contra o São Paulo pela Copa do Brasil.

Torcida lotou ruas do entorno do Maracanã. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

A alegação é que, por conta da pandemia da Covid-19, as agremiações não poderiam promover aglomerações. No documento, o MP alega, também, que em nenhum momento foi comunicado sobre o evento. A punição será válida a partir do retorno do público aos estádios.

Os presidentes das torcidas foram comunicados da suspensão de 30 dias pelo Batalhão Especializado de Policiamento em Estádio, o BEPE, mas aguardam a notificação oficial para que possam recorrer e evitar a punição. Eles alegam que a festa foi planejada por torcedores “comuns”, ou seja, não filiados às organizadas.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *