sábado, 31 de outubro de 2020

Planilha do Flamengo revela perda de premiação

O Flamengo já conquistou três títulos em 2020. Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

As conquistas do Campeonato Brasileiro e da Libertadores foram muito comemoradas pela torcida do Flamengo. No entanto, a premiação provocou uma crise dentro do clube, que estourou pouco antes da final do Mundial de Clubes.

Os jogadores rubro-negros não gostaram da redução da premiação para os funcionários do departamento de futebol. Apesar de minimizada ainda no Catar, o desgaste causou incômodo.

Nesta quinta-feira (14), o jornalista Renato Maurício Prado revelou o conteúdo das planilhas. Massagista do clube, Jorginho, que faleceu mês passado por conta do coronavírus, teve sua premiação reduzida de R$ 43 mil para R$ 8 mil.

No entanto, dirigentes não tiveram seus valores diminuídos. O diretor executivo Bruno Spindel recebeu R$ 432 mil pelo Brasileiro e R$ 789 mil pela Libertadores. Com os descontos, ficou com R$ 696 mil no total.

No acordo pela premiação, os jogadores ficaram com 70% do valor destinado para o pagamento. Com os funcionários ficando com os 30% restantes. Os membros da comissão técnica, como o técnico Jorge Jesus, ficaram de fora, pois já tinha um valor específico em contrato para a conquista destes títulos.

Os rubro-negros seguem com o intuito de voltarem aos treinos no Ninho do Urubu tão logo sejam liberados. O Flamengo assinou o documento emitido pela Ferj, que pede o retorno dos treinos e jogos do Campeonato Carioca.

Publicado às 13h02. Gazeta Esportiva.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *