quarta, 20 de janeiro de 2021

Por decisão judicial, Jorge Salgado será o novo presidente do Vasco

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro definiu, nesta quinta-feira (17), que a votação para presidente do Vasco da Gama realizada no dia 7 de novembro, de forma presencial em São Januário, não teve validade. Desta forma, o julgamento deu validade ao pleito realizado no dia 14 de novembro, quando Jorge Salgado foi o vencedor.

Jorge Salgado comemora vitória do dia 14 de novembro. Foto: Divulgação/Mais Vasco

A votação não foi unânime. O desembargador Camilo Ribeiro Rulière, relator do processo, votou a favor do recurso do candidato Leven Siano; no entanto, os desembargadores Custodio de Barros Tostes e Fabio Dutra não o acompanharam e foram contra a validação da eleição do dia 7 de novembro.

A decisão cabe recurso, mas dificilmente seria julgado ainda em 2020 – já que a Justiça entra em recesso no próximo domingo (20). Novos julgamentos só serão realizados a partir do dia 6 de janeiro. A posse do novo presidente do Vasco está prevista para 20 de janeiro.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *