sábado, 15 de maio de 2021

Portuguesa e Fluminense disputam 1º confronto das semifinais do Carioca

Partida acontece no estádio da Lusa, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. Foto: Reprodução/ Portuguesa

Portuguesa e Fluminense fazem neste domingo (2) o primeiro confronto das semifinais do Campeonato Carioca, no estádio da Lusa, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. O duelo começa às 16h (horário de Brasília).

O Tricolor, vice-líder da Taça Guanabara, chega ao primeiro embate das semifinais do Carioca com moral alto, devido à vitória sobre o Santa Fé, da Argentina, na última quarta (28), pela Copa Libertadores. O time ainda terá pela frente o Junior Barranquila, da Colômbia, na próxima quinta (6), fora de casa. 

Mas neste domingo (2) o foco total deverá ser contra a Lusa. Comandado por Roger Machado, o Flu busca quebrar o jejum de nove anos sem levantar a taça do Carioca. Diante da Portuguesa, o Tricolor leva a vantagem de precisar apenas de dois empates para assegurar presença na final do Estadual. 

O Tricolor deve entrar em campo nesta tarde com a mesma formação do time na Libertadores no meio da semana: Felipe; Calegari, Nino, Lucas Claro (David Braz) e Egídio; Martinelli, Yago (Wellington) e Nenê (Matheus Martinelli ou PH Ganso); Kayky, Bobadilla (John Kennedy) e Fred (Abel Hernándes).

Jogando em casa, a Lusa Carioca também chega embalada ao duelo deste domingo. Pela primeira vez o clube disputa a semifinal do estadual. A agremiação da Ilha do Governador obteve a terceira colocação no primeiro turno do Carioca – ficou à frente de grandes como Vasco e Botafogo – e comemora seu melhor desempenho no Estadual em quase 97 anos de história.

Os números falam por si: a equipe do técnico Felipe Surian teve a defesa menos vazada (sofreu oito gols) da competição, e o segundo melhor ataque (20 gols, mesmo total do Fluminense). Em primeiro ficou o Flamengo, com 23 gols.

A Lusa Carioca deve entrar em campo com Watson, Pedro (Dilsinho), Guerra e Wellington Cezar; Luis Gustavo, Mauro Silva (Everton Heleno), Cafú e Romarinho; Chay e Jhulliam (Hugo Cabral).

Agência Brasil

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');