sexta, 30 de outubro de 2020

Presidente do Vasco explica assinatura em documento da Ferj

Campello vota a favor do retorno do futebol no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação

O Vasco surpreendeu ao assinar o documento da Ferj que pede o retorno das atividades presenciais nos clubes. O Flamengo também assinou, mas Botafogo e Fluminense foram contra a medida. O presidente Alexandre Campello, que havia rechaçado a volta dos jogadores, explicou a razão pela qual foi a favor da Federação.

“A assinatura desta carta que está sendo divulgada pela Ferj tem por finalidade mostrar ao poder público que os clubes se organizaram. Eles estão trabalhando para criar um protocolo capaz de criar as condições necessárias para os jogadores terem um ambiente de conforto e segurança”, disse à Rádio Globo.

Campello ressaltou que o elenco cruzmaltino só vai voltar aos treinos presenciais após a autorização das autoridades cariocas: Neste sentido que o Vasco assinou esta carta dizendo que está pronto para a retomada do futebol. Inicialmente com uma série de restrições em relação a treinos e contato entre jogadores e membros da comissão técnica. Tão logo as autoridades entendam que haja a possibilidade de volta do futebol que isso seja feito com a máxima segurança possível”, declarou.

Por fim, o mandatário vascaíno destacou que será necessário um período maior que o da pré-temporada para o recondicionamento dos jogadores no retorno das atividades. Segundo Campello, os trabalhos realizados em casa estão longe do ideal para os atletas profissionais.

“A gente tem que lembrar que os atletas estão parados há mais de 40 dias. Isso é muito prejudicial para o condicionamento físico dos jogadores. É bem diferente das férias, quando eles ficam 30 dias afastados do futebol. Muitos fazem atividades, jogam peladas e jogos beneficentes, têm liberdade para estar em contato com a bola. Hoje, os atletas segue uma cartilha de treinamento confinados em suas casas. Isso impede eles de realizarem uma série de movimentos que utilizam no dia a dia do futebol. Assim, creio que será necessário um período muito mais longo de preparação do que é feito na pré-temporada”, comentou.

O Vasco iniciou nesta semana os treinos virtuais com o elenco com a nova comissão técnica. Em princípio, os cruzmaltinos vão trabalhar remotamente até a liberação das atividades por parte das autoridades cariocas.

Publicado às 19h08. Gazeta Esportiva.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *