sexta, 16 de abril de 2021

Rafinha abre o jogo e revela motivo de não ter fechado com o Flamengo

Rafinha não voltará ao Flamengo. Foto: Marcelo Cortes/CRF

Depois de uma novela que terminou sem final feliz, o lateral-direito Rafinha resolveu abrir o jogo e revelou, nesta segunda-feira (22), o real motivo por não ter fechado novo contrato com o Flamengo.

Segundo o jogador, não procede que a razão tenha sido financeira, conforme noticiado pela mídia e alegado pelo próprio clube em nota oficial. Segundo ele, a causa foi política.

“Fazem por marra, birra, sentimento, porque estão tristes porque saí ano passado. Coisa que todo mundo está falando de parte financeira, não tem nada a ver. Algumas pessoas da Gávea, do financeiro, alguns vice-presidentes estão zangados por que saí. Saí porque quis, não estou chorando por nada”, disparou Rafinha em entrevista à TV Bandeirantes.

Chateado com a situação, o experiente atleta não economizou nas palavras ao criticar os envolvidos na negociação.

“Queria voltar ao Flamengo, mas o Flamengo está no meu coração para o resto da vida. Só quero deixar claro que o financeiro não é verdade. Queria deixar claro isso, gente que está magoada para, não se vingar, mas não deixar eu voltar por orgulho. Amanhã vou explicar e vocês vão saber melhor”, finalizou na entrevista concedida neste domingo (21).

Na tarde desta segunda-feira, ele falou o programa Redação SporTV e foi ainda mais contundente.

“O treinador me queria, o departamento de futebol todo me queria. Os torcedores me queriam. A parte financeira já deixei claro que não era o problema. Vou repetir: flexibilizei o máximo que poderia para receber meu salário em 2022. Claro que eu fui vítima de uma guerra política. Não tenho culpa disso. Podem estar zangados com o Olympiacos, respeito. Mas não foi isso que alegaram. Falaram que era parte financeira. Eles têm essa guerra, eu não sabia também. Eu paguei o pato, fiquei 35 dias esperando tomarem decisão e não deu certo. Pula para o outro lado e tinha as pessoas que eu soube que não queriam minha contratação”, explicou o lateral-direito.

Deixando claro que irá procurar novos ares, Rafinha demonstrou estar decepcionado com a condução do Rubro-Negro diante das tratativas.

“Fiquei um pouco chateado porque se tivesse sido intransigente… Mas uma parte do Flamengo está me bloqueando, estou sendo vetado por pessoas da parte financeira, da comunicação… Se eu fosse vetado pelos torcedores, pelo Leandro, pelo Zico, pelo treinador, eu iria aceitar. Essas pessoas, sim, eu iria respeitar. Agora, por essas pessoas… Me usaram nessa situação para vencer uma guerra deles no clube”, encerrou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');