quinta, 26 de novembro de 2020

Sede do Corinthians fica sem luz por falta de pagamento

Entrada principal do Parque São Jorge, que abriga sede social do clube. Foto: Corinthians/Divulgação

O Corinthians não efetuou o pagamento da última conta de luz e teve a energia cortada no Parque São Jorge. O clube tem geradores de energia elétrica, mas o auxílio não tem sido suficiente para evitar prejuízo a estoques de lojistas que precisam armazenar produtos em freezers e geladeiras.

Desde 25 de março, por decisão da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), está suspenso o corte no fornecimento de energia elétrica de consumidores residenciais urbanos e rurais e também de atividades essenciais no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O Parque São Jorge, no entanto, não figura entre os beneficiários desta determinação. Ou seja, enquanto não efetuar o pagamento, o clube seguirá no escuro.

A situação só não está causando transtornos maiores pelo fato do Parque São Jorge estar fechado desde o dia 18 de março em mais uma medida de prevenção adotada para a contensão da propagação do novo coronavírus.

O Corinthians emitiu tuma nota oficial sobre o desligamento e promete restabelecimento até segunda-feira (27).

O Sport Club Corinthians Paulista informa que em virtude da mudança na rotina de trabalho em home office devido à pandemia do Covid-19 houve um erro em função do rodízio de funcionários e foi suspenso o fornecimento de energia da sua sede. As tratativas com a Enel distribuidora foram encaminhadas na última sexta-feira (24), e o serviço deverá ser restabelecido na próxima segunda-feira (27).

Publicado às 12h40. Gazeta Esportiva.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *