segunda, 17 de maio de 2021

Taça Rio: Botafogo e Nova Iguaçu empatam em jogo sonolento

Botafogo e Nova Iguaçu não fizeram bom jogo no Nilton Santos. Foto: Vitor Silva/BFR

Ainda em busca da sua formação ideal, o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Nova Iguaçu neste domingo (2), no Estádio Nilton Santos, na partida de ida das semifinais da Taça Rio – espécie de prêmio de consolação para os eliminados do Campeonato Carioca.

A partida começou morna. O Alvinegro rondava a área dos Laranjas, mas não conseguia criar chances claras. Por outro lado, o clube da casa também não dava espaços para contra-ataques. A única chance perigosa da primeira meia hora aconteceu aos 8 minutos, quando cruzamento de Felipe Ferreira encontrou Marco Antônio, livre no segundo pau, para cabecear para fora.

As equipes mostraram pouquíssimo futebol na primeira etapa, com raras tramas ofensivas e muitos passes errados. Com as equipes emboladas no meio-campo, a melhor forma de buscar o gol era com chutes de fora da área. Anderson Künzel, aos 32, arriscou de muito longe e tirou tinta da trave direita do goleiro Douglas Borges.

Aos 40, a melhor chance do primeiro tempo. Marco Antônio infiltrou pela direita e deixou a bola com Matheus Nascimento. O jovem tentou o chute e foi prensado pela zaga. Na sobra, sozinho na entrada da área, Pedro Castro soltou uma bomba e quase acertou o ângulo de Luis Henrique.

Em seguida, PV recebeu livre em profundidade e cruzou no centro da área. Pedro Castro, jogando avançado e sendo constante presença na área do Nova Iguaçu, chegou finalizando nas mãos do goleiro.

Segundo tempo

O Botafogo voltou para a segunda etapa com o meia Marcinho no lugar do volante Rickson. Apesar da alteração colocando o time para frente, o Alvinegro não conseguiu melhorar sua intensidade e continuou com muitas dificuldades para criar chances em jogadas trabalhadas.

Aos 15, quem chegou com perigo foi a equipe da Baixada. Abuda cruzou da direita e Künzel cabeceou firme. O goleiro Douglas Borges voou para fazer a defesa no contrapé. O Alvinegro respondeu na sequência em finalização de Kanu, por cima do gol, em cobrança de escanteio feita por Felipe Ferreira.

A jóia do Botafogo apareceu aos 22. Matheus Nascimento aproveitou bola rebatida dentro da área e fuzilou para o gol. Bem posicionado, Luis Henrique evitou o gol mais uma vez. Apesar de não conseguir criar oportunidades com a bola no chão, o Alvinegro tentava sempre na base do abafa, com cruzamentos e bolas longas.

Nos últimos 20 minutos, as chances ficaram ainda mais escassas. Os visitantes se fecharam para evitar a pressão final do Botafogo, que não conseguiu mostrar criatividade suficiente para criar novas ameaças. Após uma semana livre de treinamentos, o time de Marcelo Chamusca voltou a repetir os mesmos problemas.

Com melhor campanha na primeira fase, o Nova Iguaçu tem a vantagem de dois resultados iguais. Desta forma, a equipe joga pelo empate no jogo de volta, no próximo domingo (9), às 18h, em local ainda a definir. O Botafogo precisa vencer por qualquer placar para ir às finais da Taça Rio contra Vasco ou Madureira. O primeiro lugar vale a premiação de R$ 800 mil.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');