quarta, 20 de janeiro de 2021

Times se retiram de campo após ato racista na Liga dos Campeões

Dia histórico na Liga dos Campeões nesta terça-feira (8). As equipes de Paris Saint-Germain e Istanbul Basaksehir deixaram o campo após o quarto árbitro, o romeno Sebastien Coltescu, ser acusado de declarações racistas contra um membro da comissão técnica do time turco.

Partida interrompida por racismo na UCL. Foto: Reprodução

A ofensa teria sido feita ao ex-jogador e ídolo camaronês Pierre Webo. O atacante Demba Ba aparece nas imagens da transmissão dizendo “você nunca diz: ‘este cara branco’, você diz ‘este cara’. Então me ouça, por que quando você menciona um cara negro você diz ‘este cara negro?”.

Os dois times, juntos, abordaram o árbitro da partida. Leonardo, ex-jogador da Seleção Brasileira e hoje dirigente do PSG, também entrou no campo. O jogo, válido pela última rodada da fase de grupos da Champions League, foi interrompida e está suspensa pela Uefa.

A partida foi interrompida aos 15 minutos do primeiro tempo no Parque dos Príncipes, em Paris. O placar estava em 0 a 0.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *