segunda, 30 de novembro de 2020

Vasco é derrotado e mantém sequência negativa no Brasileiro

Cruzmaltino levou a pior no embate pelo Brasileirão. Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Vasco segue em queda livre no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (7), os cruzmaltinos foram derrotados por 3 a 0 pelo Bahia, em Salvador. Com o resultado, os cariocas seguem com 18 pontos e já estão no meio da tabela de classificação da Série A. O Bahia, com 15, se afastou da zona de rebaixamento.

Os donos da casa se impuseram no primeiro tempo e decretaram a vitória com gols de Rossi, Gilberto e Clayson. Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o clássico contra o Flamengo, no sábado (10), em São Januário. O Bahia viaja para o Rio de Janeiro, onde encara o Fluminense, domingo (11).

Jogo

O Bahia começou melhor, mas viu o Vasco também buscar o ataque nos primeiros minutos. No entanto, os donos da casa abriram o placar na primeira chance criada, aos nove minutos. Rossi aproveitou cruzamento, se antecipou a marcação e mandou para a rede.

O gol foi sentido pelo Vasco, que viu o Bahia dominar as ações na partida. Os donos da casa chegaram a assustar em lances de bola parada, mas pouco produzia na parte ofensiva. Só que aos 31 minutos, Ernando apareceu de surpresa, fez grande jogada e tocou para Gilberto mandar para a rede.

Enquanto o Vasco seguia inofensivo, o Bahia quase chegou ao terceiro aos 33 minutos. Em contra-ataque rápido, Rossi tocou para Juninho na área. Sozinho, o defensor mandou por cima do travessão.

Nos minutos finais, o panorama seguiu o mesmo. O Bahia aproveitou nova bobeada do Vasco para fazer mais um antes do intervalo. Aos 45 minutos, após lançamento na área, Yago Pikachu cortou no pé de Clayson, que mandou para o gol.

No segundo tempo, o Vasco voltou cheio de mudanças e assustou aos sete minutos. Carlinhos arriscou de longe e quase acertou o ângulo de Douglas. Depois, foi a vez de Fellipe Bastos quase marcar em chute de longa distância.

Quando mais o Vasco dominava o jogo, o volante Bruno Gomes recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Com isso, os cruzmaltinos passaram a atuar com um a menos. A partir dai, o Bahia teve tranquilidade para administrar o resultado. O Vasco se preocupou mais em não levar mais gols e esperou somente o apito final.

Gazeta Esportiva

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *