segunda, 17 de maio de 2021

Acidente em Niterói: laudo médico adia depoimento de motorista

Carro utilizado pelos jovens ficou destruído após o acidente. Foto: via grupo Plantão Enfoco

Agendado para essa sexta-feira (16), o depoimento do motorista do veículo que causou um acidente com três mortos, na última semana, em Piratininga, na Região Oceânica de Niterói, teve que ser adiado devido à apresentação de um laudo médico que inviabiliza o procedimento, apresentado pelo advogado de defesa.

De acordo com o delegado responsável pela investigação do caso, Fábio Barucke, titular da Delegacia de Itaipu (81ª DP), a defesa do condutor apresentou um laudo médico que comprova que o motorista demonstra mudanças de comportamento em virtude de delírios mentais.

“O depoimento dele é imprescindível na investigação, principalmente após as afirmações feitas pelo outro sobrevivente do acidente, que confirmaram a presença de bebida alcoólica antes do capotamento e a negligência do motorista. Estaremos marcando uma outra data e vamos aguardar a presença do condutor”.

Fábio Barucke, titular da 81ª DP

Segundo o delegado, existe a chance dele ser indiciado por triplo homicídio por dolo eventual, o que pode acarretar em uma pena de 30 anos.

“O inquérito será concluído ainda esse mês com o possível indiciamento do motorista do veículo. Identificamos a imprudência e o consumo de bebida alcoólica, fatores que levaram a essa tragédia com três mortos”, concluiu o delegado.

O acidente

Um acidente envolvendo um veículo de passeio deixou três mortos e dois feridos, na noite do último dia 8, no bairro Piratininga, na Região Oceânica de Niterói.

Roberta, Gabriel e Emmily foram as vítimas fatais do acidente, ocorrido no último dia 8. Foto: Arte/Plantão Enfoco

De acordo com a investigação da polícia, um grupo formado por cinco amigos estava em um restaurante japonês e foi para a casa do condutor do veículo para uma espécie de “resenha”. Após o evento, regado a bebidas alcoólicas, segundo um dos sobreviventes, o motorista teria ido levar os amigos em casa quando perdeu o controle do veículo na Estrada Francisco da Cruz Nunes.

Emmily Miranda, de 20 anos, Roberta Miranda, de 17 anos, e Gabriel Palmieri, de 19 anos, não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito no local. Outros dois envolvidos no acidente, sendo um deles o condutor, foram socorridos e levados para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), no Fonseca.

Após o acidente, as vítimas receberam uma enxurrada de homenagens nas redes sociais. Em uma delas, um bilhete ganhado pelas vítimas no restaurante japonês foi postado em forma de homenagem.

Vídeo

Uma sequência de vídeos mostra os jovens no interior do veículo, modelo Ônix na cor branca, ouvindo músicas e um deles mostra o velocímetro do veículo, que marca 115km/h em um local próximo ao acidente. Em um dos vídeos, uma das vítimas do acidente, a influenciadora digital Emmily Miranda, de 20 anos, prevê a sua morte.

Vídeo mostra uma das vítimas fatais prevendo a morte antes do acidente. Vídeo: Reprodução/Redes Sociais

“Ô Léo, a gente vai morrer, ô f*!, diz a jovem.

“Esses vídeos mostram uma irresponsabilidade do condutor que não está com as mãos no veículo. Infelizmente, esse tipo de atitude custou a vida de três jovens. Seguiremos investigando toda essa trama que acabou de forma trágica para essas famílias”, disse o delegado Fábio Barucke.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');