sexta, 16 de abril de 2021

Acusado de abusar e estuprar a própria enteada é preso em Maricá

Homem vai responder por estupro de vulnerável, maus tratos e ameaça. Foto: Pcerj

Um homem de 39 anos foi preso na tarde de terça-feira (16) em um sítio de Inoã, em Maricá, acusado de estuprar a própria enteada durante oito anos. A prisão foi feita por policiais da Delegacia do Centro (76ª DP), que cumpriram o mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável, maus tratos e ameaça.

De acordo com as investigações da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São Gonçalo, os abusos começaram quando a vítima ainda tinha quatro anos de idade.

Segunda a polícia, na época o padrasto aproveitava os momentos em que a mãe da vítima estava ausente para abusar sexualmente da enteada, dentro da residência do casal.

Ainda de acordo com as investigações, o padrasto obrigava a vítima a ingerir bebida alcoólica antes de sofrer os abusos sexuais. No decorrer dos anos o acusado humilhava e ameaçava a vítima para que ela não contasse nada para a mãe.

As investigações mostraram que com o passar dos anos, os abusos se intensificaram e começaram a ser praticados até enquanto a mãe e os dois irmãos mais novos da vítima dormiam no único cômodo da casa.

Segunda a polícia, toda história foi denunciada quando a tia da criança obteve a guarda da menor.

A polícia, no entanto, não detalhou os motivos que levaram a perda da guarda por parte do casal e se mãe sabia dos crimes.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');