sábado, 15 de maio de 2021

Acusados por crimes nas mãos do Segurança Presente em São Gonçalo

Segundo a Polícia Militar, as causas das prisões e da detenção foram por crimes diversos. Foto: Arquivo/Renan Otto – Ascom SG

Ao menos três acusados foram presos, em São Gonçalo, na tarde desta terça-feira (13) no período de apenas duas horas. Um quarto foi capturado ainda pela manhã, mas acabou liberado.

Segundo a Polícia Militar, as causas das prisões e da detenção foram por crimes diversos, como: dirigir no trânsito sob influência de álcool, roubo, tráfico de drogas e até uso de material entorpecente.

As ações foram realizadas pela operação São Gonçalo Presente.
A primeira ocorreu no bairro Brasilândia, às 9h.

De acordo com a PM, o acusado de 18 anos estava conduzindo uma motocicleta pela contramão na Rua Sá Carvalho. Ele não era habilitado.

Com ele, foi encontrado material entorpecente. O rapaz foi levado à Delegacia de Neves (73ª DP), e acabou sendo liberado após se comprometer a comparecer em juízo.

A motocicleta foi autuada, por infração de trânsito, e removida ao Depósito Público de São Gonçalo.

Já a segunda ocorrência foi registrada no bairro São Miguel. Conforme relata os agentes, um homem demonstrou nervosismo ao avistar o policialmento na rua Nilo Peçanha, pouco depois das 16h.

Apesar de não ter sido encontrado nenhum material ilícito com o acusado, a PM realizou consulta ao Núcleo de Inteligência da Secretaria de Estado de Governo e constatou um mandado de prisão contra ele, por conduzir veículo sob a influência de álcool.

Mais tarde, pouco depois das 17h, um homem acusado por tráfico de drogas foi encontrado pelos policiais na Estrada Raul Veiga, em Alcântara. A polícia fazia patrulhamento motorizado quando realizou a abordagem.

Já no Centro de São Gonçalo, um quarto acusado, de 26 anos, foi surpreendido ao receber cumprimento de mandado de prisão por roubo.

A equipe que realizou abordagem e revista não encontrou material ilícito com ele, mas ao consultar o sistema de tecnologia da Polícia Militar confirmou o mandado de prisão para o determinado crime.

Todos os acusados foram conduzidos à delegacia de Neves, onde aguardam decisão da Justiça.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');