Adolescente é torturada e tem cabeça raspada em SG

Uma adolescente de 16 anos sofreu nas mãos de criminosos da comunidade da Coréia, no Pita, em São Gonçalo, na noite desta segunda-feira (25) após ser flagrada tentando assaltar um idoso na região. A jovem foi espancada e teve a cabeça raspada pelo tribunal do tráfico na região.

Segundo a polícia, a adolescente estava com um rapaz de 28 anos, o casal é acusado de praticar assaltos na cidade, de carro. Segundo as investigações, o namorado da adolescente teria conseguido o veículo emprestado com o irmão para usar como motorista de aplicativo, porém na pratica eles usavam para assaltar passageiros.

Traficantes registraram os momentos de tortura

Na noite desta segunda-feira (25) o casal, guiado pelo chamado de um passageiro, foi até o bairro Pita e, por volta de 20h, abordou a vítima na altura do Morro da Coréia. Na ação a adolescente saiu do carro enquanto o jovem continuava ao volante. Ela abordou o passageiro roubando o celular, porém a ação foi flagrada por traficantes da comunidade que abriram fogo contra a dupla.

O veículo acabou atingido, mas o condutor conseguiu escapar deixando a adolescente no local. Ela foi levada pelos bandidos para o interior da comunidade onde foi agredida e teve a cabeça raspada, além de sofrer constantes ameaças de morte.

Os bandidos gravaram um vídeo com as agressões e enviaram ao pai da vítima, que teve a identidade revelada pela própria adolescente diante das ameaças. Quase duas horas depois a adolescente foi liberada pelos criminosos após o resgate feito pelo pai.

De acordo com depoimento do irmão do rapaz, dono do carro, ele recebeu uma ligação do acusado dizendo que o veículo dele tinha sido abandonado em posto de combustível no bairro Rocha e fugiu em seguida sem dar mais esclarecimentos. Quando foi pegar o veículo percebeu as perfurações por arma de fogo.

A polícia ainda não tem informações sobre o jovem que fugiu. Nesta terça-feira o pai e a adolescente agredida prestarão depoimento na Delegacia de Neves (73ª DP), responsável pelo caso.

Baleado no Pita

Um homem de 56 anos acabou baleado por criminosos da comunidade da Coréia na noite desta terça-feira quando os bandidos atiraram contra o casal que tentava assaltar um passageiro. Ele passava a pé pela região quando foi atingido na perna. A vítima foi encaminhada para o Pronto Socorro de São Gonçalo (PSSG) e o estado de saúde é considerado estável.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *