segunda, 17 de maio de 2021

Autuado por maus-tratos homem que arrastou cavalo em Duque de Caxias

Operação, Polícia Civil, Ação, Polícia, policiais
O acusado foi autuado, nesta sexta-feira, por maus-tratos a animais com aumento de pena pela morte do cavalo. Foto: Arquivo/Pedro Conforte

Policiais civis da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) autuaram o homem que arrastou um cavalo por dois quilômetros, na madrugada desta sexta-feira (30), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O animal sofreu mais de 50 fraturas e precisou ser sacrificado. O acusado foi autuado, nesta sexta-feira, por maus-tratos a animais com aumento de pena pela morte do cavalo.

Os agentes foram acionados, na manhã desta sexta-feira, pela Secretaria do Meio Ambiente e de Proteção ao Animal do Município de Duque de Caxias. Imediatamente, equipes foram para o local e conseguiram identificar a placa do veículo e obtiveram informação de que o veículo fazia entregas para uma grande rede de lojas varejistas.

Os policiais foram até o galpão dessa rede de lojas e conseguiram identificar o responsável pelo carro, que, por sua vez, revelou quem dirigia o automóvel. Diligências foram realizadas e o homem foi localizado na frente da sua casa. Ele foi levado à delegacia, confessou que havia arrastado o animal e foi liberado.

O caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (JECRIM).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');