quarta, 21 de outubro de 2020

Briga de família termina com parente gravemente ferido em SG

Paciente precisou ser levado ao Pronto Socorro e depois foi transferido para o Hospital Estadual Alberto Torres. Foto: Plantão Enfoco
Paciente precisou ser levado ao Pronto Socorro e depois foi transferido para o Hospital Estadual Alberto Torres. Foto: Plantão Enfoco

Uma briga de família terminou com um vigilante, identificado como Diogo Lopes Rodrigues dos Santos, de 32 anos, gravemente ferido, na tarde desta quarta-feira (11), no Gradim, em São Gonçalo. Segundo testemunhas, o acusado, que é primo da esposa da vítima, teria jogado dois pedaços de entulho na cabeça do vigilante. Ele está internado no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat).

Mas essa não foi a primeira vez que uma discussão terminou em agressão, conforme acusa a esposa da vítima, a dona de casa Marejane da Silva Marcelino, de 39 anos. Segundo ela, quando saía de casa na terça-feira (10) com a filha de 10 anos, que é autista, foi atacada pelo primo por um arpão.

Ambas as famílias, da vítima e do agressor, são vizinhos em um sobrado. O primeiro mora no andar de baixo e o segundo, na parte de cima.

“Eles [o primo – acusado -, esposa e três filhos] batem no chão o dia inteiro e colocam o som alto, além de nos agredir verbalmente. Eu comecei a reclamar dessas atitudes, pois a minha filha é autista e o barulho incomoda muito. A gente não consegue ter paz. Na terça-feira ele me agrediu e só não foi pior porque eu coloquei a mão com celular na frente”, informou a dona de casa, que registrou o caso na Delegacia de Neves (73ª DP).

A dona de casa disse estar com medo por conta das ameaças que vem sofrendo.

“Eu liguei para a Polícia e para o meu pai, pois o meu primo disse que meu marido não sairia de casa vivo. Quando o meu pai chegou em nossa casa, o Diogo saiu para abrir o portão. Foi nesse momento que meu primo jogou um pedaço de concreto do segundo andar, que caiu na cabeça do meu marido. Depois ele jogou um outro pedaço e um vergalhão também. Ele também tentou jogar um botijão de gás, mas foi impedido por uma vizinha”, explicou Marejane.

A Polícia Militar foi acionada, mas o acusado ainda não foi encontrado. A vítima foi socorrida pela família e levado por meios próprios para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

4 thoughts on “Briga de família termina com parente gravemente ferido em SG

  1. Espero q as autoridades se imponha e coloque esse marginal na cadeia , a justiça de Deus tarda mais na falha.

  2. Que horror , já ouvi falar desse cara ele é violento e ainda espanca a mulher dele , que a justiça seja feita tem muita gente de olho já.

  3. Nossa é lamentável ler esse tipo de noticia logo em família , cada dia que passa eu fico desacreditado no ser humano , que ele venha pagar pelos seu atos

  4. Que a justiça seja feita!!! Doente tem que estar internado se tratando, não solto por aí ameaçando as pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *