sábado, 05 de dezembro de 2020

Chefe do Buraco do Boi oferece R$ 120 mil mas acaba preso

Traficante Nem Rato é acusado de chefiar o Buraco do Boi. Foto: Google Street View

A Polícia Civil prendeu na manhã desta segunda-feira (25) o traficante Nem Rato, apontado como chefe do tráfico de drogas na Comunidade Buraco do Boi, na Zona Norte de Niterói. Segundo informações da Secretaria de Estado de Polícia Civil (SEPOL), ele teria oferecido cerca de R$ 120 mil por sua liberdade. O criminoso era considerado foragido da Justiça.

No momento de sua prisão ele apresentou uma identidade falsa para o policiais, mas acabou reconhecido. O traficante estava com uma pistola calibre 40 milímetros com kit rajada, carregadores, aparelhos de telefone celular e cadernos com anotações do tráfico de drogas.

Nem Rato foi localizado na Comunidade do Tuiuti, em São Cristóvão, no Rio. A prisão do traficante foi feita por policiais das delegacias de Duque de Caxias e Imbariê, 59ª DP e 62ª DP respectivamente. Para a Policia Civil, o criminoso estaria recebendo apoio nas comunidades do Tuiuti e Mangueira, ambas da mesma facção criminosa.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *