quarta, 21 de outubro de 2020

Traficante ‘Mata Rindo’ é morto em comunidade de Niterói

Apontado pela polícia como líder do tráfico de drogas das comunidades do Preventório, Lazareto e Peixe Galo, em Charitas e Jurujuba, todas na Zona Sul de Niterói, Gabriel dos Santos Soares, conhecido como ‘Mata Rindo’, foi baleado e morto na noite desta segunda-feira, por volta das 22h30, em confronto com a polícia em Jurujuba. O criminoso chegou a ser levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, mas segundo a polícia não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações iniciais, agentes da Delegacia de Jurujuba (79 DP) estavam em operação e solicitaram apoio da Polícia Militar por conta de um confronto com criminosos do local. Após a troca de tiros, Mata Rindo foi encontrado baleado.

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 2 mil para quem fornecesse informações sobre o paradeiro do acusado. 

De acordo com o Portal dos Procurados, ele tem anotações criminais pelos crimes de tortura, corrupção de menores e furto. 

Ainda segundo a denúncia, o traficante era braço-direito do chefe do tráfico na região, conhecido pelo nome de Leonardo Caldas de Araujo, o ‘Léo Traça’, preso desde 2015. Segundo a polícia, Mata Rindo recebia ordens de Traça, que estaria comandando o tráfico de drogas de dentro do presídio através de videoconferência. Além disso, Traça teria ordenado o espancamento de um morador, por ter sido chamado de ‘corno’.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *