quinta, 03 de dezembro de 2020

Cliente se revolta em loja de Niterói e diz ter sido filmada no provador

Imagens de câmeras serão usadas na investigação. Foto: Pedro Conforte
Imagens de câmeras serão usadas na investigação. Foto: Pedro Conforte

A simples prova de uma roupa virou caso de polícia em uma loja de Niterói. Isso porque uma cliente, de 30 anos, relatou ter flagrado uma mão segurando um celular e supostamente filmando enquanto ela experimentava peças no provador. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (19) e foi registrado na Delegacia do Centro (76ª DP).

De acordo com a cliente — que trabalha como secretária e preferiu ter a identidade preservada — quando percebeu a mão por baixo da cabine, se abaixou para tentar ver quem estava atrás da porta, mas não conseguiu afirmando que a pessoa rapidamente fugiu da loja. Segundo a vítima, moradora do Fonseca, o medo maior é que imagens íntimas sejam publicadas na internet.

“Você acha que ali dentro está totalmente segura na sua privacidade. Estou com raiva porque não vi quem era e medo porque a pessoa pode jogar minhas imagens na internet a qualquer momento. Nunca tinha passado por nada parecido”

Ainda segunda a vítima, ao questionar a gerência do estabelecimento sobre o ocorrido, a mulher reclama não ter tido apoio para descobrir quem segurava o celular. De acordo com ela, o funcionário — que fazia a regulação de entrada do provador — contou que apenas três mulheres saíram do lugar. Mas ela teme a presença de um homem no local.

“Fiquei com mais raiva ainda porque a loja não teve preparo nenhum pra tal situação. O mínimo que eu esperava de uma loja é empatia. Nem isso teve e por um momento até achei que eles não estavam nem aí. O gerente apenas disse que se eu quisesse prestar queixa era direito meu, mas ele não poderia fazer nada”

O caso aconteceu por volta de 11h em uma loja que fica na Avenida Visconde do Rio Branco, no Centro. Em nota, o estabelecimento afirma que está, desde o ocorrido, ‘realizando uma minuciosa apuração dos eventos relatados pela cliente, colhendo informações com os funcionários e analisando imagens do circuito interno’.

‘Para preservar a privacidade dos nossos clientes, não instalamos câmeras nas áreas próximas aos provadores e todos os nossos funcionários são proibidos de portar celulares durante o expediente, sendo orientados a mantê-los em seus respectivos armários’

Ainda segundo a loja, após a cliente abordar o funcionário mais próximo, ele disse que nos momentos que antecederam o chamado, o provador não estava sendo ocupado e que não notou outros clientes saindo da área de provadores. A loja confirma que a cliente solicitou as imagens das câmeras, mas informou que as gravações ‘poderiam ser verificadas, mas não fornecidas’.

De acordo com a loja nas imagens verificadas, no período referido pela cliente, não houve saída de pessoas dos provadores. As imagens serão encaminhadas à Polícia Civil, bem como todas as declarações e informações necessárias para apuração.

A loja afirmou ainda que repudia ‘veementemente qualquer espécie de abuso contra a pessoa humana, em especial, à mulher, a sua intimidade e a sua privacidade, e está se empenhando através das vias legais do Estado para apuração dos fatos e de seus responsáveis’.

Protocolos

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói, não há regras específicas para o uso de provadores. Entre os protocolos obrigatórios para esse tipo de estabelecimento estão:

  • ocupação máxima de 50% da capacidade;
  • tratamento preferencial para clientes que estão no grupos de risco;
  • distanciamento entre as pessoas;
  • obrigatoriedade de manter informativos sobre a prevenção visíveis;
  • monitoramento da temperatura dos funcionários;
  • testagem trabalhadores sintomáticos;
  • afastamento dos profissionais que estejam no grupos de risco ou apresentem sintomas gripais;
  • uso de máscara.
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *