quinta, 26 de novembro de 2020

Comerciante é espancado e morto em São Gonçalo

Delegacia de Homicídios já investiga o caso. Foto: Arquivo/Plantão Enfoco

A Polícia Civil investiga as circunstâncias de uma morte que aconteceu nesta terça-feira (24), em São Gonçalo. De acordo com testemunhas três seguranças de uma empresa privada teriam espancado um comerciante – e o matado em seguida – na altura de uma fábrica de plástico, às margens da RJ-104, no bairro Tribobó. No final da noite, um grupo interditou parte da rodovia e ateou fogo em objetos em protesto ao crime.

Segundo relatos, a vítima seria moradora do bairro Novo México, em São Gonçalo. Testemunhas relatam que escutaram pelo menos um disparo de arma de fogo.

A vítima chegou a ser resgatada com vida e encaminhada para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat) no Colubandê, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade médica.

O caso começou a ser registrado na Delegacia de Neves (73ª DP), mas como durante o depoimento das primeiras testemunhas a vítima morreu, o caso foi passado para a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), que já realiza diligências para tentar localizar imagens que possam identificar os autores.

Protesto

Por volta das 23 horas um grupo de moradores do bairro Novo México ocupou um trecho da RJ -104 e bloqueou a rodovia. O grupo colocou fogo em objetos como pneus e lixo. O grupo gritava ‘justiça’.

Policiais Militares foram acionados para liberar a pista. Até o momento, não há registro de prisões ou confrontos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

3 thoughts on “Comerciante é espancado e morto em São Gonçalo

  1. Senhores responsáveis por está materia: nós ajude a colocar esses bandidos atrás das grade. Sou irmão da vítima ! Peço a vcs que inclusive os donos desta fábrica sejam responsabilisados que são da Família Rangel que são donos da vedapack no Laranjal ,da Gelpet , tb no Laranjal e Aloés em Tribobó. Desde já agradeço

  2. Sou filha da vítima
    Infelizmente tiraram a vida do meu pai covardemente
    Meu pai era trabalhar homem honesto
    ??????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *